17 julho, 2019

Rui Pinto crucificado por crimes de terceiros que vivem em liberdade...

Resultado de imagem para Rui Pinto
Rui Pinto, ajuda o país
que o mantém na prisão...


Delphine Halgand-Mishra, directora-executiva da organização The Signals NetWork, protectora de denuciantes, que apoia e suporta os custos de Rui Pinto, anunciou o seguinte:

"a informação revelada e publicada nos meios de Comunicação levou 9 países a abrirem processos de investigação. Há procuradores a trabalhar e a perseguir verdadeiros criminosos. E é importante que a colaboração continue. Mas a questão é que terminou desde que (Rui Pinto) foi detido em Portugal. Os procuradores não conseguem falar com ele. O facto de estar preso fez parar a investigação de 9 países...

Conclusão: 

Rui Pinto está preso, entre outras perplexibilidades, por ter mais conhecimentos técnicos, e intelectuais, que os agentes de investigação portugueses e, paradoxalmente, por retribuir a "delicadeza" da hospitalidade com a denúncia de crimes gravíssimos contra o próprio Estado que de outra forma nunca seriam revelados...

Segundo Ana Gomes, a ministra da Justiça garantiu-lhe apoio e colaboração judicial. Ana Gomes adiantou que se as autoridades francesas pedirem, podem vir e obter a colaboração de Rui Pinto. 

As denúncias de Rui Pinto (piratas são os corruptos que por aí andam à solta) já permitiram a recuperação de 35 milhões de Euros, embora ainda não se saiba de quem... 

Resultado de imagem para Procuradora Eva Joly
Procuradora francesa
Eva Joly

«Se não fôr investigado aqui, será
noutro sítio. E para o mundo Portugal
fica como o país que não quis ou
"não podia" saber»

Resultado de imagem para Ana Gomes
Ana Gomes
«Se a evidência que serve para os outros
é desconsiderada em Portugal, é porque
alguma coisa vai mal. E não é no
 reino da Dinamarca»

Resultado de imagem para delphine halgand-mishra
Delphine Algand-Mishra, Directora-Executiva
da THE SIGNALS NETWORK





9 comentários:

zeportista disse...

Caro Rui
Se não forem os europeus a forçarem....Rui Pinto está “feito “.
É ver as notícias que têm saído..... vivemos num país de corruptos para corruptos.

Rui Valente disse...

Zeportista,

e parece que nada está a acontecer de profundamente grave...
Se tivesse de escolher o nome de um filme para retratar Portugal copiava o

"Feios, Porcos e Maus"

Roque disse...

Sobre o Rui Pinto, repito o que já disse noutros locais.
Lamento que continuem a dar voz a "vozes" enquistadas em ideias fixas e com falta de visão abrangente do ponto de vista da justiça, e da questão social e política. Vozes essas a quem quem ouço defender fervorosamente o castigo e prisão de Rui Pinto, esquecendo a sua importância para o combate à corrupção especialmente quando ela advém dos ricos e poderosos. Esquecendo que, por vezes, é absolutamente necessário o processo de subversão e insurreição dos povos para combate do "crime organizado do Estado".
Não fosse isso os mentores do 25 de Abril seriam presos e o mesmo nunca teria ocorrido, o mesmo para as revoluções que mudaram o desequilíbrio, injustiça e desigualdade social, gritante, em tantas sociedades ao longo da história, todas elas baseadas no mesmo principio, insurreição, desobediência e subversão.
Para mim, os supostos atos ilícitos de Rui Pinto enquadram-se exatamente nesse processo de subversão e revolta para denunciar crimes, esses sim gravíssimos, contra o Estado e a Sociedade.
Coisas que essas figuras e tantos outros bem instalados nesta vida, parecem desconhecer deliberadamente, e refutam fingindo deconhecer, muitos por por usufruirem do sistema eles mesmos, e por outros motivos inconfessáveis que todos conhecemos.

Rui Valente disse...

Roque,

Essas vozes que defendem o castigo a Rui Pinto só podem sair da boca de gente suspeita, tal como é suspeita (e muito) a Justiça portuguesa pela forma ansiosa como têm tratado o rapaz.

Anónimo disse...

Acreditar na Justiça?
Acreditamos é na promoção do juiz que deu o jeitinho. Portugal é isto.

Francisco Paulos disse...

Neste país a justiça é uma miragem. É um insulto à inteligência do povo português. Saltam à vista os imensos casos em que não actua protegendo os vigaristas. Em contrapartida se nos esquecermos de pagar o selo do carro ou o Imi somos logo penhorados. Actualmente é uma vergonha ser português, não pelo país, mas por quem atualmente o dirige. Como somos um povo ordeiro e dado à boa paz tudo aceitamos sem reclamar, e por isso tudo nos fazem. Até quando?

Rui Valente disse...


Ainda há felizmente algumas excepções. São poucas, é verdade, mas o único orgulho de que alguns se podem gabar, é de olharem para a canalhada que está no poder com o desprezo que merecem, como é o meu caso.

Por mim, nenhum dos partidos políticos me captura o voto desde há muitos anos.

Como é possível que nenhum dos partidos, da esquerda ao centro, e do centro à direita, não tenha tido a dignidade de abordar o tema da corrupção vermelha? Como? E isto não chega para os portistas perceberem a vigarice em que caem por irem votar?

Será défice de inteligência ou interesse secreto?

Anónimo disse...

Qual é o juiz, procurador, deputado, politico, segurança privado ou da Cofina, trapaceiro encartado, que recuse o chamamento da Capital, das pontes e aeroportos de biliões, do apartamento em Oeiras, da 2ª habitação na aldeia, das férias em Vale do Lobo? Certamente algum haverá, mas quantos?

Rui Valente disse...


Quantos mais forem os oportunistas, quanto mais forem os que não resistem ao enriquecimento
ilícito, pior para os que vivem honestamente.

São estes últimos que têm de lutar com todas as forças contra este Estado corruptor, mesmo que seja à paulada. A tomada da Bastilha em França foi uma revolução porque o povo não tinha outra forma de se libertar do jugo imperialista em que vivia. Mas resultou.

Liberdade, Fraternidade e Igualdade

A Marselhesa é digna!