12 dezembro, 2013

Rescaldo do post anterior

Não foi preciso ser adivinho para prever o que ia acontecer no jogo de ontem. Continuo a manter o que sempre aqui escrevi: a responsabilidade pela contratação do treinador é, em primeiro lugar, do Presidente e de toda a Direcção, e a responsabilidade pelo desempenho e produtividade da equipa de futebol é, naturalmente, do treinador. Se entendermos avaliar o mau momento do FCPorto de uma forma mais anárquica esquecendo a importância das escalas hierárquicas sem ter de apontar o dedo a ninguém, então podemos dizer que a culpa é de todos.

Pessoalmente, não alinho nestas mariquices de culpar todos. Se nunca aceitei, e até considerei um insulto à minha dignidade, que os Governos responsabilizassem todos os portugueses pela crise de que só eles e os seus "amiguinhos" de eleição [bancos, PPP's, etc.] , foram responsáveis, não é por se tratar de futebol que agora vou mudar os meus critérios de responsabilização. O que sei, é que algo vai mal no reino do Dragão, o que me leva a suspeitar que esta época a alegria vai continuar arredia das hostes portistas, o que para nós é quase uma heresia, porque fomos bem habituados, durante os últimos anos... 

Mas no FCPorto nada é inultrapassável. Ao contrário de alguns pensadores, não creio que Pinto da Costa esteja finito. O que receio é não haver tempo para recuperar a equipa ainda esta época. Com, ou sem chicotadas psicológicas.

8 comentários:

Anónimo disse...

Não se pode despedir uma equipa de futebol, até porque o plantel principal tem qualidade, agora pode-se despedir o treinador e a sua equipa técnica pela incompetência, de treinar um clube dos melhores da Europa.

Já deu para ver que Paulo Fonseca não sabe mais. A equipa não tem confiança, joga sempre cheia de ansiedade que até parece que a bola tem picos! muita das vezes são autenticas baratas tontas no campo. Falta ali alguém que saiba pôr a equipa a jogar e saber o que que é necessário, ou se deve fazer para chegar ao golo.

Ontem toda a gente viu a dificuldade em se marcar golos e a facilidade de os sofrer. Esta equipa de ontem (Atlético), estava perfeitamente ao nosso alcance, como aquela que esteve no Dragão, mas, não sabemos mais, nem mesmo com a derrota do Zenite nós fomos lá.

Grande prejuízo para os cofres do FCP, grande prejuízo para a imagem
do Clube. Será que os iluminados da SAD, andam mais preocupados com outros assuntos que sejam mais importantes para eles. Acho que deviam se sentar todos à mesa e saberem que lá está a mais, quem serve o clube e quem se serve do Clube...

O PORTO É GRANDE, VIVA O PORTO.

Deacon Blue disse...

Caro Rui Valente,

Estamos a falar de uma casa que pode errar, mas que normalmente sabe o que faz.
Se analisarmos as noticias (poucas...) que últimamente "deixam escapar" cá para fora, parece-me evidente que os timmings do contexto actual estao bem definidos/balizados.....

Creio que o essencial está portanto debidamente prevenido...

Deacon

Anónimo disse...

"Queremos ganhar a Liga Europa"! Paulo Fonseca é um sonhador um virtual, na vida tudo é possível... mas, neste caso, e com este treinador entretenha, infelizmente não vamos a lado nenhum.

Custa-me estar a dar tanta pancada no treinador, mas, também aqui já disse que a culpa não é só dele, agora, com tão más exibições tão maus resultados e discursos tão pobres, ele está a pôr-se a jeito.

Bom, vamos aguardar, mas se nada mudar, só um milagre nos pode dar alguma felicidade.

O PORTO É GRANDE, VIVA O PORTO.

Anónimo disse...

A alguns (T)reinadores que passaram pelo nosso mágico clube foi-lhes imposta a lei da rolha, ( o CAS foi um deles )e a este infeliz ninguém na SAD tem coragem de o mandar calar? Este melro quando abre a boca só diz asneiras, mas desde quando é que os portistas querem ganhar a liga europa? Bom se fosse eu que mandasse este melro tinha que aguentar ate ao fim do contrato e até lhe descontava nos atrasos aos treinos, nem quero imaginar o que este melro tem para dizer nas celebres charlas de mais de uma hora...tapem-lhe a boca PF.

Anónimo disse...

No jornal pasquim-a-bola o "livro de São Cipriano", Um jogador de nome Fábio Reis que passou pelo benfica, Aljustrel, cita uma coisa muito interessante.
"A quinzena com Paulo Fonseca"
Foi logo após a saída do Restelo, em 2011, que Fábio Reis esteve à experiência durante duas semanas no Pinhalnovense, na altura liderada por Paulo Fonseca. Do actual treinador do FCP o jovem guarda-redes guarda a imagem de uma «pessoa calma, humilde e muito simples»
«A todos que estavam no treino passava um pouco despercebido se estava lá alguém a orientar, mas era uma pessoa atenta a pormenores.
Percebia-se o que esta a fazer, sem ele ter de dizer muita coisa«. Com esta maneira de estar, de um homem simples e uma personalidade fraca, não é possível treinar uma grande equipa como é o FCP de jogadores que ganham milhões.

O PORTO É GRANDE, VIVA O PORTO.

Anónimo disse...

Boa noite,


procurei mas não encontrei o artigo de que falou. Refiro-me a um artigo com declarações de um ex-jogador de PFonseca no Pinhalnovense. Pode-me ajudar?

Obrigado

Anónimo disse...

Boa noite,

Consegue ajudar-me a encontrar as declarações do antigo jogador de PFonseca no Pinhalnovense?

Obrigado

Rui Valente disse...

Eu também não sei a que artigo sobre o P.Fonseca se está a referir,porque como pode confirmar neste post não lhe faço qualquer alusão. Provavelmente refere-se a um comentário...
Lamento mas não posso ajudá-lo.