05 maio, 2015

Rui Moreira acusa Governo de investir em Lisboa e "deixar côdeas" para resto do país



"Todos os recursos disponíveis do país vão sendo canalizados para uma única região. Depois sobram côdeas. A região está confrontada com isto. Mas vamos ter eleições. Os fundos comunitários vão ser usados para coisas mais ou menos isotéricas. Está na altura de a população perceber o que está em causa e questionar os partidos sobre o resto do país", frisou o autarca independente.
Rui Moreira abordou a questão a propósito da falta de financiamento do Estado para suportar os custos da segunda fase do metro do Porto, suspensa desde 2011, mas admitiu ter dificuldades em restringir o assunto ao transporte público porque "o projeto de desenvolvimento do país tem tido como foco uma única região".
"As pessoas deviam questionar os partidos sobre se, algum dia, vão ter de desligar a luz e ir viver para a única região que recebe investimento", ironizou.
Para Rui Moreira, é por este motivo que "o país não consegue sair da cepa torta".
O presidente da Câmara do Porto criticou o Governo por incluir nas grandes opções de investimento o terminal de contentores do Barreiro, considerando que se trata de uma obra "absolutamente desnecessária" e a "repetição do aeroporto da Ota [projeto de localização de um novo aeroporto em Lisboa que não chegou a avançar]".
"Este porto no Barreiro [terminal de contentores] é uma forma de justificar uma terceira travessia [em Lisboa], a reabilitação da zona ribeirinha de Lisboa, ou seja, uma segunda Expo, e um novo aeroporto na margem sul [do rio Tejo]", afirmou Rui Moreira.

4 comentários:

Anónimo disse...

Esta canalhada de Ladrões incompetentes, de um ministro que tem todos os tiques de Ditador, que andam a vender o pais a retalho, que se esquece de pagar os seus impostos, não se pode esperar grande coisa desta Coisa.
Esta Coisa de ministro, que vem cá cima ao Norte buscar a grande fatia, para depois meter sempre no mesmos sítio, na capital do Império que estraga esbanjando o dinheiro em coisa megalómanas, isto, não pode ser de um democrata mas sim de um ditador.
O meu desprezo, para toda esta merda de gente.

Falando de um outro assunto, que é o FCP. Acabei mesmo agora de ver o FCP B - Spor Braga B em casa, ou seja nos confins, porque nunca há lá ninguém a ver os jogos, e mais uma derrota do treinador Manga de Alpaca. Os jogadores do FCP, são todos craques do individualismo e de jogar para trás e para os lados. Isto é só para desabafar de tantas derrotas deste fim de semana.
É preciso pensar bem na recandidatura do senhor Pinto da Costa, que é para não ficar tudo na mesma, precisamos de sangue novo.

Abílio Costa

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Boa noite,

Estas denúncias, suaves, em tom politicamente correcto, respeitosas para com os apoiantes (centralistas)têm a virtude (ou vantagem) de cair em graça e simultaneamente serem engraçadas. Isto é: SÃO ABSOLUTAMENTE INÓQUAS.
Faltam-lhe autenticidade, assertividade, confrontação. Não é mostrado um caminho para o combate. Não há uma estratégia de como inverter a postura duma década de cócoras para o PAÇO.E só vamos lendo disto às vezes porque o apoiante deste independente, resolveu de um dia para o outro tornar-se adepto da Regionalização e putativo candidato a inquilino de Belém. O balanço que se vai fazendo diariamente das consequências da greve dos pilotos da TAP é demonstrativo do desprezo a que esta região é votada. O aeroporto do Porto é o mais prejudicado com os efeitos desta paralisação. Já se ouviu por parte da Câmara uma palavra sobre isto ! NÃO
Se acreditamos em causas e nos matam a esperança. Se queremos construir e nos tiram ferramentas. Se nos provocam com mais e mais descriminação há um caminho. Bater com a porta. Mas com força, com a força da razão para que assim nos façamos ouvir, em casa, na escola, na fábrica, em todo o lado. Fazer as coisas como estão a ser feitas, não é preciso eleger um Presidente, basta recrutar um funcionário.

Cumprimentos

Anónimo disse...

E o que pensa disto o governante Castro Almeida ?!

Anónimo disse...

Dragões Diário disponível para todos

​Subscreva o jornal digital do FC Porto

​Dragões Diário. É assim que se chama o pequeno jornal electrónico que o FC Porto disponibiliza a todos os que o pretendam receber todas as manhãs.

Um olhar sobre a actualidade do FC Porto, sobre a agenda do clube, sobre a história, mas também sobre o que acontece no Mundo, sobre artes, sobre lazer, é assim o Dragões Diário.
Site do FCP