12 maio, 2016

Estou de volta



Afinal, não foi tão breve quanto esperava o meu afastamento do Renovar o Porto. Tinha de ser, e não estou arrependido. Precisava de arejar um pouco, de me afastar deste pesadelo. Foram muitas as decepções este ano de 2016 para manter a mesma vontade de escrever. 

Foi a política, mas sobretudo o comportamento dos altos responsáveis do FCPorto, a começar naturalmente pelo seu antigo líder, Pinto da Costa, que mais me decepcionaram. Sim, porque da (in)governabilidade política já estamos nós habituados, não obstante a ténue esperança de mudança que a nova constituição governativa possa suscitar.

Desde que me apercebi e me certifiquei que os últimos 3 anos de gestão danosa do FCPorto não foram resultado de causas imprevistas, e que o seu antigo líder já não queria liderar, sem o assumir perante os adeptos, focalizei o meu desgosto mais na sua negligência do que na desonestidade dos nossos inimigos. O termo é este, não me enganei, porque chamar adversários aos representantes de clubes de uma cidade-eucalipto, anti-democrática e hiper-centralista, que não reconhecem ao resto do país o direito a serem tratados por igual, não pode ser tratado de outra maneira, por mais que lhes doa (e eu sei que dói) ouvir estas verdades.  Mas por que haveria eu de me incomodar com o vilão, se a vítima não só consente a discriminação, como desistiu de o enfrentar? De mais a mais, quando a vítima se esfalfa a processar adeptos que não dizem ámen com ela, em vez de o fazer a quem já deu provas sobejas de odiar o FCPorto, incluindo o próprio Presidente.

A decisão de não acautelar a situação dos adeptos no negócio abrupto com a MEO, que privou um grande número deles (talvez a maioria) do Porto Canal, foi outra das desconsiderações que não perdoo a Pinto da Costa. E reparem, nem sequer foi pela qualidade do Canal, que como sabem para mim, é o espelho do FCPorto actual, complexado, parolo e adulador. A antítese do que foi num passado recente. Deste FCPorto não me orgulho. Como não me orgulho dos políticos nortenhos que calam e consentem a discriminação de que somos alvo. Por isso, e como conheço a má fé dos media e sus chulos jornalistas, não me espantei com mais essa afronta de não destacarem o feito da equipa B do FCPorto que foi o verdadeiro vencedor do campeonato da 2ª. Liga, e não o Chaves que ficou em 2º., apesar de ser o clube com direito a subir de divisão, como é natural. Portanto, não são os nossos inimigos que precisamos de mudar, porque esses só não fazem pior se não puderem, mas sim a forma de lidar com eles, que não é seguramente o silêncio. 

Para terminar, tenho a certeza, repito, tenho a certeza que se na próxima época as alterações em relação a esta e às três anteriores se limitarem à mudança de treinador e jogadores, por melhores que eles sejam, não serão suficientes para ganharmos títulos se a política de comunicação com os adeptos for a mesma e se nos deixarmos comer por lorpas como temos andado a fazer. Gravem isto para memória futura. É que, não acredito em milagres, mas sim na competência e na coragem.

Bem vindos ao Renovar o Porto



12 comentários:

Anónimo disse...

E que nos da polémica dos colégios privados ?

Não há dinheiro para NADA mas para os colégios privados....

E o Tunel do Marão?

Anónimo disse...

Esta tudo a mudar :

O Benfica ( ou alguem por ele) não quis o hugo a arbitrar foi nomeado o Nuno Almeida . Devem estar satisfeitos, ninguem mais falou que me apercebesse.

O Bruno Paixao arbitrou o ultimo jogo do FCP e no proximo temos o Xistra.

Entretanto o Benfica B esta atrapalhado e no ultimo jogo vai ter o BPaixao.

Tudo a mudar portanto e o FCP( ou alguem por ele) tem se fartado de intervir.

Anónimo disse...

A geringonça contra ventos e marés lá vai andando para desgosto das "elites" portuguesas e dos tecnocratas da união.

Anónimo disse...

Vivemos em "colonialismo" ?

António Correia disse...

Bom regresso.

Anónimo disse...

Felicito-o pelo regresso.
O Padrinho vermelho tem tudo à ordem, manda na política, na justiça e claro em tudo que mexe no desporto. O presidente do FCP que adormeceu na sala do museu do Clube, agora anda numa de comprar tudo e mais alguma coisa, até já se fala no interesse do bronco Jesus. É o desespero de quem viveu estas ultimas épocas em experiências suicidas e esbanjar dinheiro a granel e agora está com tanta pena dos sócios e adeptos que até vai por um provedor no clube ( quando nunca nos passou cartão) o negócio do Porto Canal foi um exemplo!...

Já me contactaram para a compra dos lugares anuais, vou ver no sábado o FCP Boavista às 11 e 45, não sei se tenho direito a almoço e depois vou para descanso e pensar o que é melhor para mim, até porque ainda não conheço o Cardápio o Menu para a próxima época do FCP.

Abílio Costa.

Rui Valente disse...

Ora viva Abílio!

Cá estamos novamente, para o que fôr preciso fazer contra a mediocridade geral deste país.

Já agora, aproveito para lhe agradecer a persistência de acompanhar sempre o Renovar o Porto.

Um abraço

marujo88 disse...

Bom regresso Rui, pelos vistos continua em forma, ainda bem, porque pelo menos é mais uma voz contra os nossos inimigos, as maldades que estão a ser feitas ao Porto e ao FCP não têm fim.
Infelizmente os dirigentes do nosso clube continuam na mesma ou pior, vai ser mais um ano igual aos anteriores.
Abraço
Manuel da Silva Moutinho

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Caro Rui Valente,

Passada a primeira semana, comecei a contar os dias. À segunda semana passei a somar semanas. À terceira semana questionava "o breve interregno". Deixava-me assim arrastar para a conformação.
Diz o ditado que" não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe" e hei-nos de volta ao RENOVAR O PORTO, o mesmo que dizer, ao convívio blogosférico das crónicas, opiniões e denúncias que o autor do blog nos apresenta e propõe e, por via disso, nos convoca para a reflexão, discussão e contraditório.
Subscrevo tudo quanto é dito no "ESTOU DE VOLTA". Creio que pretende reforçar o que já foi dito antes sobre esta matéria e motivar os seus leitores para um regresso à liça.

Parabéns e Cumprimentos do
Guilherme Olaio

Anónimo disse...

Visão | Portugal é campeão em evasão fiscal, diz novo estudo

está bem, depois de recentemente o ex diretor geral dos impostos ter dito que 1000 familias SUPERRICAS em POrtugal não pagam impostos por terem "amigos"...

E não se esquecem fartaram se de dizer cheios de lata que os sacrifícios foram para todos!!!!!!!!!...

Anónimo disse...

FCP 4 Boavista 0

Deu-se + - por bem empregue a ida ao Dragão, pelos últimos 20 minutos do jogo e o golo de André Silva, o resto o mais do mesmo.

Amanhã se os Lampiões ganharem o campeonato há festa na Mouraria e arredores, vai baixar a gasolina e vamos gramar os canais lisboetas até às tantas. Se forem os Calimeros há um programa só de anedotas contadas pelo artista principal Bruno Flatulências e uma sessão de boxe a favor da transparência. Por cá, só vamos ao fogo para apanhar as canas.

Abílio Costa.

Rui Valente disse...

Caro Guilherme Olaio e restantes comentadores,

mais uma vez, agradeço as palavras de apoio ao meu regresso.
Tudo farei para continuar a remar contra esta maré de desgostos.

Um abraço