02 setembro, 2011

Ricardo Carvalho, esquece este país

Tenho um problema comigo, que não o devia ser: não gosto da ingratidão e muito menos da cobardia.

Embora não vomite com muita facilidade, enoja-me nauseabundamente a patriotice de ocasião dos assalariados de todas as rádios e televisões do país.

Quem são afinal estes jornalistas de meia-tigela, cheios de rabos de palha, paus mandados, lambe-botas miseráveis e desonestos para criticar Ricardo Carvalho? Haverá porventura algum que se lhe possa comparar, em carácter e hombridade, para andarem agora a diabolizar a decisão do rapaz de sair extemporaneamente da selecção?

É preciso ter lata. E isso, é talvez a única coisa que não falta aos jornalistas. Raios os partam, vermes!

Um abraço para ti, grande Ricardo Carvalho, eu estou contigo!

PS-Lamento o carácter radicalista do meu comentário, até porque há jornalistas por quem tenho apreço, como é explícito e implícito do post anterior. Mas a verdade, é que os bons jornalistas nada têm feito para se livrarem do contágio epidémico daqueles que andam a queimar a reputação da classe. Lá diz o ditado: quem cala, consente.

2 comentários:

Anónimo disse...

Para quem não tem Porto Canal em casa :

http://www.portocanal.pt/live/


Pode ser visto aqui (tem emissão online) no website agradavelmente remodelado.

dragao vila pouca disse...

Rui e ninguém critica as vergonhosas palavras do seleccionador?

Desde que enviei um e-mail ao presidente do sindicato dos joprnalitas, agora recebo correspondência do sindicato e é quase sempre, sindicato está contra a ameça de despedimentos aqui, ameça de despedimentos ali. Nem leio, caixote do lixo. Só têm o que merecem. Pena que alguns justos paguem pelos pecadores, freteiros, recadeiros, engajados, como diz um amigo meu, lembe traseiros.

Abraço e bom fim-de-semana