21 fevereiro, 2012

José Ferraz Alves / Movimento Pró Partido do Norte

Apesar da incompreensível indiferença pelas questões de cidadania das gentes desta nossa região, que muito se queixa, mas pouco faz para mudar de vida, o Movimento Pró Partido do Norte continua a remar contra esta maré de conformismo que a todos nos envergonha. Ler post do José Ferraz Alves, que ao que sei, não sofre de "anti-corpos" [seja lá o que isso fôr], aqui. 

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Há muita gente que não se assume, tem medo e depois, arranja mil desculpas, até à cor da gravata, para em vez de apoiar, criticar aqueles que vão fazendo alguma coisa.

Abraço

Anónimo disse...

Não vai ser fácil, mas penso que o dia vai chegar com a queda do centralismo.
Da maneira que o país está a ser governado não tenho duvidas que a salvação vai ser através da regionalização.
O motor de um país, são as regiões.
Vai custar a muita gente... mas tem mesmo que ser.

O PORTO É GRANDE, VIVA O PORTO.