22 março, 2015

FCPorto ainda

Na continuidade do que anteriormente escrevi, só quero acrescentar que sejam quais forem os resultados desportivos no futebol e das restantes modalidades do FCPorto, não retiro uma vírgula ao que escrevi sobre a direcção do clube.

Se querem saber, penso mesmo que a indolência que se instalou em alguns adeptos, pouco eufóricos no apoio à equipa e estranhamente passivos com as arbitrariedades de toda a ordem infligidas ao clube, pode muito bem ser um efeito de dominó da fonte, isto é, do  Presidente. Todos sabem que quando uma liderança é frágil, seja em que negócio fôr, os resultados nunca podem ser positivos durante muito tempo, acabam sempre por se repercutir na produtividade e na moral de toda a empresa. Hoje o futebol está profissionalizado e os clubes são empresas que empregam muita gente. Por isso, se a liderança perde a eficácia, o resto vem por acréscimo.

Há no entanto factores que podem atenuar a queda, um deslize da concorrência, ou um conjunto circunstancial de situações que a retardam. Como atrás referi, esta falta de ânimo, de empenho, de vontade, constatável em várias modalidades, só pode encontrar explicação num liderança em perda.

Lamento ter de o dizer, mas é exactamente isto o que penso.  

2 comentários:

Anónimo disse...

O senhor presidente Pinto da Costa já fez o seu trajecto e bem, hoje o FCP deve-lhe muito, porque durante estes anos de presidência deu ao FCP o estatuto mundial que tem, como um dos melhores clubes do mundo. Os anos passam por todos nós e a forças já não são as mesmas e acomoda-mo-nos um pouco, com isto não quero dizer que se vá embora, mas, no mínimo delegue noutra gente capaz e de confiança, assuntos, como seja da arbitragem e de defender o Clube desses predadores estúpidos da comunicação social e de algumas bestas de alguns clubes que nos insultam.
Há muitos paineleiros exemplo: M.Queirozes, Aguiares, Serrões, que vivem a falar no nome do FCP e ganhar a sua vidinha e nada dizem, nem tão pouco defendem o clube, a esses o FCP deve distanciar-se.
Eu não me vou acomodar e vou chamar os bois pelo nome, sempre que o FCP estiver fragilizado ou atacado.

Coração de Dragão.

Anónimo disse...

O treinador bronco dos batoteiros vermelhos, diz que o treinador do FCP faz pressão sobre os árbitros, mas ele ontem, como perdeu, já esteve no bota abaixo aos árbitros, é natural depois do Andor quase cair, e só não caiu porque o Sr Lopetegue deu uma ajudinha.
Sr Presidente se perdermos este campeonato, o sr também faz parte daqueles que contribuíram, por estar quieto e deixar andar o Andor.

Abílio Costa.