13 maio, 2015

Subtilezas de cores diferentes no JN

Com subtileza se brinca com a democracia

Em tons de azul:
um artigo da autoria de Norberto A. Lopes que reproduz as críticas do FCPorto ao director de comunicação do Benfica, João Gabriel, e o acusa de declarações xenófobas a Lopetegui. A notícia é acompanhada de uma foto do treinador portista tirada numa conferencia de imprensa. 


Com subtileza se aduba o eucalipto centralista

Em tons de vermelho
crónica da responsabilidade de Delfim Machado, mais "profunda e humanista", com este título: "Jesus ajudou crianças sem família" (comovente)... Para compor o ramalhete altruísta do novo mestre da táctica, acrescenta uma foto de JJ com este texto ternurento: "quando se insurgiu contra um polícia para defender um adepto benfiquista".

É esta a imagem de marca que o novo JN está a tentar deixar. Se isto, não é brincar com a nossa inteligência, então não sei o que é. Mas, desde quando é que a insurretice e o desrespeito à autoridade de um agente de segurança pública foram exemplos de cidadania? 

Que Porto é este carago? Que JN é este? Só nos faltava esta! Camões: tens nome grande mas fibra de vendido.


3 comentários:

condor disse...

Esta gente passeia tranquilamente entre nós!
Isto já não vai com diplomacias e tangas do genero!
Umas dentaduras partidas mais alguns cornos podem não resolver as coisas mas que me enchiam de satisfação lá isso enchiam!

Anónimo disse...

O sportinguista JG Calimero contratado pelos Lampiões, é um moço de recados de Vieira, amanhã, ou um dia destes, pode estar em qualquer lugar como entretenha, ele já de si é uma anedota.

JJ é bronco, pugilista, é um provocador um coitado qualquer, que é capaz de dizer que viu São João Baptista andar de Lambreta.

O JN, foi despromovido de Jornal a Pasquim de ruada.

Abílio Costa.

jnporto disse...

A costumeira "esperteza" do eucaliptal [ou manto] que cobre a informação em Portugal porque actualmente no jornalismo só vinga quem se submeter ao centralismo. A situação está a atingir níveis insuportáveis. No nosso dia a dia tentamos lutar contra isso, não desistimos e havemos de vencer esta luta. Pena é olharmos à volta e percebermos que muitos se demitem da Honra de serem Portuenses e Portistas alinhando nessa mascarada "tuga" dita nacional que lhes vem sendo servida repetidamente. Abraço.