20 junho, 2016

Rui Moreira/FCPorto

Resultado de imagem para rui moreira
Rui Moreira o líder que o Norte não sabe aproveitar

Terminou a temporada 2015/16 com o FCPorto a ter talvez dos piores resultados desportivos das últimas 10 épocas, com os efeitos colaterais que isso implica do ponto de vista financeiro e de imagem para o clube. Com os cofres mais vazios e as desastradas opções nos negócios da compra de jogadores que têm pautado os anos mais recentes, será extremamente difícil acreditar que a temporada que aí vem seja promissora. Se a isso juntarmos a rendição clara e notória do presidente e dos seus colaboradores mais próximos às tropelias dos adversários com a habitual conivência dos órgãos federativos e da Liga, é improvável que possamos fazer melhor.

Como se pode comprovar facilmente, dedico parte considerável do tempo neste blogue a falar do FCPorto mais sob o ponto de vista político e social do que propriamente desportivo, embora não me prive de mostrar a alegria  que as suas victórias me causam sobretudo quando acompanhadas de bom futebol. Isto, porque num país centralista, profundamente assimétrico pouco dado a exercícios democráticos como Portugal, é extremamente injusto carregar apenas nas costas dos dirigentes a tarefa hercúlea de o mudar.

Não me interpretem mal, porque não estou com isto a dizer  que o Presidente e os seus colaboradores mais próximos devam manter-se mudos e indiferentes como têm feito nos últimos anos. Pelo contrário, essa postura é inaceitável e indigna, como aliás já aqui o dei a entender sem meias palavras. Mais. Perdi muito do apreço que tinha por Pinto da Costa e duvido, pelas reacções que tem revelada a todas essas arbitrariedades que volte a recuperá-lo.

Exceptuando um restrito número de portistas que por aqui passam regularmente deixando os seus comentários, a grande maioria parece estar convencida que isto do centralismo se resolve através do futebol, o que é um grande erro. Foi por causa da discriminação que ao longo dos anos nos discriminou e prejudicou que começamos a dar valor às intervenções polémicas, mas oportunas, de Pinto da Costa que serviram para conter os abusos centralistas e fizeram dele um líder. Até porque na área política nunca tivemos um verdadeiro líder regional. Mas é tempo de exigirmos aos políticos essa responsabilidade, sobretudo no que concerne a zona norte. Que os benfiquistas de todo o país se deixem comer como otários com o sedativo nacional benfiquista, lastima-se, mas ainda se percebe, agora que os nortenhos não saibam unir-se, independentemente das preferências clubistas, contra esse cancro chamado centralismo, é um atestado de imbecilidade que passam a si próprios, e isso sai-lhes do bolso, a eles e a nós...

Há uns tempos atrás anunciei aqui o lançamento do último livro de Rui Moreira "TAP-Caixa Negra" , que recomendei por esclarecer minuciosamente o imbróglio do negócio, com evidentes prejuízos (passados, presentes e seguramente futuros) para a região e para nós próprios cidadãos. Ali se explica tintim por tintim as omissões, as condradições do negócio TAP, com evidentes sinais de embaraço para os responsáveis da TAP e do próprio Governo.

A causa da TAP não é uma causa que importa apenas aos viajantes aéreos, interessa aos bolso de todos nós. Por isso devíamos acompanhá-la com mais interesse, quanto mais não seja para termos uma ideia justa do combate que Rui Moreira está a travar contra mais esta facada ao Norte e ao Porto. António Costa mantem-se calado... Rui Moreira está estrategicamente a aguardar pelas respostas que precisa do Governo a tudo o que só o livro pode esclarecer, dado que para a imprensa e comunicação social em geral, este é um assunto tabu. Não será por ela (comunicação social) que ficaremos esclarecidos. Moreira, está a fazer um trabalho notável em defesa do Norte. Tem gente a apoiá-lo, mas precisa de muita mais, de todos nós. Trabalho tanto mais admirável quanto tem de arrastar com ele políticos engajados nos respectivos partidos ideologicamente diferentes, o que não é fácil,porque só depende do carácter e sentido de cidadania de cada um. 

No meio deste turbilhão de desconsiderações, é no mínimo incompreensível que o Porto Canal não tenha até hoje revelado interesse nem coragem para apoiar a luta de Rui Moreira. Ele não está parado, e continua a olhar como sabe e pode pela nossa cidade. E tem estado bem. Estou certo e seguro que vai ser reeleito. Esta desunião entre autarca e Presidente do FCPorto, não é culpa sua. O tempo se encarregará de desvendar este estúpido mistério. Mas era preferível que se entendessem pela mesma luta. Com o Porto assim, dividido, estamos a fazer a vontade aos centralistas.  É assim que eles nos querem ver: divididos.

Será que lhes vamos fazer a vontade? Que raio de alma é essa, a dos nortenhos? Onde pára o nosso orgulho?

5 comentários:

Soren disse...

Penso que o orgulho dos nortenhos se esbateu no comodismo. Comidita na mesa e tal e ninguém quer chatices.
Depois há demasiado fascista e benfiquista. O Salazarismo vive e está aí bem forte e activo. Com a saída do país de muita gente formada, que poderia provocar outra "aragem" na vida social e política, as coisas ficam ainda mais difíceis.

Se Pinto da Costa se insurge contra o centralismo, os benfiquistas do Norte demarcam-se imediatamente da mensagem, achincalham e contradizem. É demasiada ignorância para podermos remar todos para o mesmo lado contra o maior cancro de Portugal, o centralismo.

O seu texto já diz tudo, mas gostaria de acrescentar que nos torná-mos nuns meninos de côro. Até o Ronaldo atira com a merda do microfone da TV da mentira ao charco. Nós pasme-se, até respondemos às perguntinhas dessas bestas em nossa própria casa. Batemos mesmo no fundo.

Para terminar, como sabe amigo Rui, fiquei muito desiludido com Rui Moreira no início do seu mandato. Antes das eleições, na sua veia PP, defendeu um modelo económico que sempre considerei errado e pensei que um homem da inteligência dele desse conta disso antes de ser Presidente da Câmara. Só se deu conta quando lhe passaram a perna.
Por outro lado devo dizer que o Rui Moreira me tem surpreendido pela forma como mudou o seu pensamento e estratégia ao longo do tempo. Espero que assim continue.
E espero que os autarcas dos 6 municípios que vão gerir os STCP com dinheiros públicos estejam à altura da tarefa. Se não estiverem e forem mais uma vez incompetentes, depois não têm NENHUMA moral para falar de centralismo.
Chega de tantos tiros nos pés.

Rui Valente disse...

Soren,

Viva! Há muito que interiorizei uma "quase certeza" relativamente aos adeptos das políticas de direita: que nada de relevante deles podemos esperar em beneficio a humanidade. Só não digo certeza, porque apesar de tudo há uma diferença entre as direitas do norte da Europa (mais respeitável e socialmente mais humanista) e as dos Sul (mais mafiosas). A verdade, é que em Portugal nem o PS pode ser considerado um partido de esquerda, e se falarmos em trafulhices não ficam nada a dever ao PSD e CDS.

Posto isto, e apesar de saber que Rui Moreira tinha uma costelinha CDS, acho que ele já terá compreendido que não é por ali que pode fazer grandes coisas. Curiosamente é o PSD de Rui Rio, que o lançou, que lhe está a fazer maior oposição. Mas ele tem resistido, e lá vai percorrendo o seu caminho, quanto a mim, até agora positivo.

Houve uma atitude que me fez subir a consideração por ele, foi a forma nobre como saiu do miserável programa Trio de Ataque, deixando o painel de comentadores boquiabertos. Isso, é tanto mais relevante quanto é certo que mais nenhum adepto portista (que tiveram motivos de sobra para o fazer) a isso se atreveu. Ao fim e ao cabo, foi também para defender Pinto da Costa das insinuações daquele "cineasta" de vão de escada (PPVasconcelos) que passava o tempo a insinuar o piorio sobre o n/ FCPorto e o presidente. Acho que Pinto da Costa não soube mostrar-lhe a devida gratidão, nem muitos adeptos.

Agora, não posso garantir o futuro, nem sei se continuarei a ter motivos (espero bem que sim) para me congratular com o que Moreira fará daqui por diante. Mas, já agora, sugiro-lhe que leia o livro TAP-Caixa Negra, e verá como vai surpreender-se com aquilo que lá está (sem que ninguém ouse desmentir), e que os media deliberadamente abafam.

UM ABRAÇO!

PS-Já está de férias?

Soren disse...

Sem dúvida Rui. E por Rui Moreira me ter desiludido não quer dizer que o desconsidere. Também não esqueço quando deixou os lampiões e fascistas encapuçados a falar com a parede.

Que Pinto da Costa se rodeou mal e foi mal agradecido com quem não devia, é notório. Esperemos que recupere relações essenciais para as batalhas que se avizinham.

Será que está resposta a mais uma javardeira anti-Porto da RTP é revolte de face? Será que acabou a subserviência?
Vou esperar para ver.

Infelizmente não, mas se tudo correr bem tentarei estar no Porto em Outubro ou Dezembro. Consultarei depois a sua disponibilidade.

Um abraço.

Rui Valente disse...

Sabe, Soren, a mim deixa-me perplexo a ingenuidade de um povo como o nosso, que não tem onde cair morto, que continua na merda, a deixar-se enrolar pela lábia dos media. e ainda assim sente orgulho em ser português...

Que triste ideia de portuguesismo! E claro, quem agradece são os Passos Coelhos desta vida.

É assim.

Okey, se cá vier avise. Terei muito gosto em falar consigo.

Um abraço

Anónimo disse...

Todo este desaire do FCP só acontece porque os responsáveis do clube ou com mexericos, ciumeira, ganância entre eles ou alguns cansados pela idade de já não terem voz para fazer frente à batota do centralismo e de alguma gente que anda no desporto e que não passam de uns corruptos. Assim lá foram 3 campeonatos para o mesmo de sempre que vive desta batota.

Não importa muito a cor de quem está no poder, a maioria são feitos da mesma trampa o que eles querem mandar nos partidos de uma só voz seja da esquerda ou direita a gamela e o poleiro está na capital e que se lixe a democracia.

Rui Moreira faz o que pode, mas com alguns autarcas que andam por aí às esmolas de uns tostões, que não passam de uns paus mandados do aparelho partidário e dos governos, é difícil juntar as vozes, pelo menos mais que não fosse para denunciar esta praga de aldrabões e corruptos.

O Porto Canal um dia destes vai ser vendido a uma Tia ou Tio da Linha amigos do Tijuca e lá se vai o FCP e um pouco da região. Quando o presidente do Clube, não salvaguardou os portista da NOS de ver pelo menos o FCP, mas, meteu filhas e sei lá que mais na estação! Assim com esta gente não pudemos falar muito de regionalização.

Abílio Costa.