27 julho, 2016

Do FCPorto ao Porto Canal

Carla Ascenção
(mais pragmatismo, pede~se)
Contrariamente ao que por aí costuma dizer-se dos treinadores de bancada (quase sempre mal),  eu gosto de ler os seus comentários. Então, quando começam a dar bitaites sobre as qualidades técnicas e posicionais dos jogadores, e explicam como mexeriam na equipa para a compensar de algumas lacunas, como por exemplo, recuando um médio defensivo para central, e vice-versa, acho até muito interessante. Nestes casos, a unanimidade é rara, mas é isso que explica em parte a atracção pública pelo futebol. Isto está a acontecer nos blogues portistas, o que até se compreende, dada a instabilidade latente da direcção do FCPorto traduzida em sucessivos fracassos na aquisição de jogadores qualificados para posições-chave, e na inédita dispensa/retoma de alguns jogadores...

Para mim, já disse, isto não me surpreende, embora nunca me passasse pela cabeça que o FCPorto chegasse a este ponto de desorientação e debilidade financeira. Mas é o que costuma acontecer quando a liderança se perde.

Dito isto, também não me aqueceu nem resfriou saber que o Porto Canal regressou à casa de onde nunca devia ter saído sem dar explicações, e de quem pagou para o ter. Aliás a NOS e o FCPorto ainda devem um pedido de desculpas explícito aos seus clientes e adeptos, convinha não esquecer... Deu para ver que tudo está como dantes, igualzinho ao Porto dos últimos anos, à execepção do histórico do clube que é incomparável com a vulgaridade da televisão.

O Porto Canal só poderá ter serventia se fôr para continuar a ver o FCPorto na senda do sucesso e da valentia de outrora, e para trabalhar em benefício claro dos portuenses e do clube, não para nos deixar furiosos com quem o dirige e se verga ao centralismo, como tem acontecido. Ainda ontem pudemos ver a Carla Ascenção a entrevistar Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga como se fosse o do Porto, sem qualquer pudor de continuar a omitir aos portuenses a causa da sua ausência... Como é que um canal do Porto, com tanta verborreia pseudo regionalista pode manter-se tanto tempo sem abrir as portas ao seu autarca principal e sem dar cavaco à população? Alguém compreende isto? Por que é que os portuenses não questionam estas coisas nem pedem explicações a uma, e a outra parte? Se fosse o Rui Rio todos entendiam, agora o Rui Moreira, que até é portista e gosta de futebol, ninguém entende.

Enfim, já dei para este peditório, mas mesmo assim, isto cansa, seca-nos as raízes.

Nota de RoP:
Acabo de assistir à melhor 1ª. parte de jogo dos últimos tempos do FCPorto. Finalmente, vi uma equipa solta, bem posicionada (principalmente o meio-campo) e agressiva. Destaque para Octávio/André Silva/Bueno/Corona/Herrera. A segunda parte não foi a mesma coisa. Houve jogadores (como Brahimi, e Aboubakar, por ex.) que voltaram a provar que não são adaptáveis às características do nosso futebol, porque não têm mobilidade e profundidade q.b. A defesa continua a ser o nosso calcanhar de Aquiles. Remediou-se na 1ª.parte por força de um meio campo pressionante, dinâmico e muito criativo. E o Adrian Lopez, alguém o viu?

11 comentários:

Anónimo disse...

Mais vale tarde do que nunca temos mais FCP, coisa que nos outros canais é uma raridade, mas o Porto Canal continua a deixar muito a desejar.
Quanto ao jogo de hoje valeu a primeira parte, porque a segunda parte com tantas modificações foi para dar sono. O FCP ainda não me convence, todos sabemos quais são as partes mais criticas da equipa.

Abílio Costa

Anónimo disse...

"Trabalhar em benefício dos portuenses"
Ainda bem que afirma isto de forma bem clarinho, assim não há dúvidas que o vosso interesse e o Porto cidade. O resto não interessa.

marujo88 disse...

Quanto ao Porto Canal, já nem falo de tal caricatura. No que respeita ao FCP também fiquei um bocadinho mais entusiasmado com a primeira parte, parece que começa a definir-se a equipa com que o treinador vai apostar, vamos a ver, na segunda parte foi só para dar minutos aos jogadores todos.
Abraço
Manuel da Silva Moutinho

Rui Valente disse...

Ó anónimo cobarde:

é óbvio que para a tua espécie preferias que eu defendesse o beija-mão à toda poderosa Lisboa, mas de mim nunca lerás uma linha nesse sentido. Tu fazes-te burro, ou então és mesmo e julgas que só por citar o Presidente da Câmara de Braga estou a insinuar que, ou é o Porto, ou nada. Eu vou-te explicar outra vez: achas normal que um canal do Porto que alega defender os interesses da região ignore o seu Presidente da Câmara? Achas? A questão é essa, já lá foram opinar quase todos os presidentes da Câmara (e o de Braga é um um dos que tem lá ido mais vezes, tal como do de Aveiro, Viana do Castelo, etc. É claro que tu és tão cerebral e isento que aproveitáste a boleia para interpretar conforme te dá jeito, o que é próprio dos anónimos desonestos. Ficas a saber que para a próxima vais para a retrete.

Rui Valente disse...

Viva M. Moutinho!

oxalá com o plantel que tem o Nuno E. Santo faça a diferença. Não é impossível, mas vai ser um problema. É que, nos jogos internacionaais os erros dos árbitros são ocasionais, em Portugal as coisas são feitas pelo outro lado, como tem sido evidente, apesar das fracas performances do FCPorto. Na dúvida, o prejuízo vai para o FCPorto. E a avaliar pelo comportamento do Presidente nos últimos 3 anos, a procissão vai passar. Esse é o nosso grande obstáculo, mais que a falta de pilim e a qualidade dos jogadores.

Um abraço Tb para si

Anónimo disse...

Ainda não consegui perceber o porquê do presidente da câmara do Porto Rui Moreira, poucas, ou nenhuma vez, ir ao Porto Canal. Será que para lá ir é preciso meter cunhas! E a quem. Usando o nome "Porto" Canal não seria interessante haver uma rubrica do presidente da nossa cidade falar de uma cidade que cresce todos os dias a bom crescer, ou será que o todo poderoso o maneta intelectual da Estação, anda muito ocupada com os amigos da Segunda Circular ou da Linha...

Abílio Costa.

Rui Valente disse...

Abílio,
eu não acredito que seja Rui Moreira o principal responsável por esta estranhíssima situação. Desde logo, porque competiria ao Porto Canal, enquanto órgão de informação, esclarecer o público sobre o assunto, quanto mais não fora por respeito e sentido de responsabilidade profissional, e depois por uma questão de coerência. Quando um canal apregoa aos quatro ventos a sua vocação regional com ambições centralistas, isto é a contradição total. Quanto ao FCPorto, cheira-me que há ressabiamentos mal resolvidos e como agora não faz nada de jeito, é mais um sinal de que Pinto da Costa já era.

Anónimo disse...

COSTA DO CASTELO
Não sei porquê, mas não estou crente numa boa época do FCP, parece-me o mais do mesmo. O treinador o protegido do Mendes parece que foi impingido ao FCP não vejo mais nada do empresário a bem do Clube! Negociatas, essas sim, com os Batoteiros Vermelhos. Do presidente nem vale a pena falar, consegui-o mais um mandato e continua "o quero posso e mando" só que desta vez se as coisas correrem mal vai levar um mandato complicado...
Não vou falar da equipa do FCP mas parece que os sectores mais carenciados continuam na mesma há muito fumo de quem vem e quem sai mas não passa disso...
Espero que isto não passe só de pessimismo da minha parte.

jchs disse...

Tal como o Rui Valente também lamento e desconheço a razão da ausência de Rui Moreira no programa "Opinião dos autarcas", programa que muito aprecio e vejo regularmente (felizmente tenho MEO).

Pelo que vou vendo, parece-me que o critério é alternar uma semana um autarca do PS (Guilherme Pinto, Eduardo Vítor, etc.) com um autarca do PSD na semana seguinte (Ribau Esteves, Ricardo Rio, etc.). Em qualquer caso, o leque regional é variado, o que é louvável e responde ao comentário do "anónimo cobarde" (na designação do Rui Valente).

Não me parece é que o Porto Canal tenha que dar explicações por que convida este e não aquele. E, também me parece, que não há qualquer contencioso com Rui Moreira, aliás no programa "Júlio Magalhães" passou uma longa entrevista com o presidente portuense.

Por isso digo que acho que o Rui Valente vê problemas entre o Canal e Rui Moreira onde eles não existem. Basta ver os blocos informativos onde Rui Moreira é figura assídua.

Maurício Mendes disse...

Bom dia:Sou o sócio Nº3963 do único glorioso clube que existe F.C PORTO. aceito todas as criticas que são feitas mas tambem acho que são exageradas e só acontecem neste contexto de não ganhar e só nos adeptos do futebol pois nas outras modalidades perdemos e não se passa nada porque será.

Maurício Mendes

Rui Valente disse...

Jchs,

pode não haver problemas, entre o Porto Canal/Pinto da Costa e a Câmara do Porto/Rui Moreira, mas que não é normal o presidente da Câmara do Porto não ir regularmente (como vão outros autarcas) ao Porto Canal , isso reafirmo-lhe que não é! Então para se democratizar e descentralizar os poderes autárquicos, é preciso beneficiar-se as outras e esquecer o que se passa na nossa? É isso que o PCanal entende como justo?

Portanto, não há exagero nenhum da minha parte. Talvez seja você quem não quer aceitar essa realidade, mas que ela existe, existe, e só a nega quem se recusar a ver as coisas como elas são. Assobiar para o lado não faz parte do meu ADN.

Já agora aproveito para quem fôr demasiado apressado a contrariar o que escrevo, que se dê ao cuidado de, antes, ler um pouco do que venho dizendo anteriormente, para terem uma ideia mais correcta da forma como eleboro as minhas opiniões/conclusões.

Mais! Posso garantir-lhes que conheço de fonte segura, os argumentos de uma das partes que podem explicar esse distanciamento, mas gostava de ver isto resolvido de vez entre elas, porque isto de normal não tem nada, e de exagerado ainda menos.

Isto, é o mesmo que fazer auto-censura (por omissão) de um canal que se assume como meio informativo, que pessoalmente muito me custa entender e que considero uma falta de respeito pelos cidadãos. Mas como os cidadãos continuam com pouca vocação para intervir social e politicamente, estas reacções já não me causam surpresa.