17 agosto, 2016

FCPorto, têm a palavra Nuno Espírito Santo e os seus pupilos

Nuno Espírito Santo
Disputa-se esta noite a primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Champions e mais uma vez, Pinto da Costa & Companhia provaram que a famosa estrutura justamente reputada pela sua capacidade de organização já não é o que era. Nem vale a pena replicar tudo o que já foi escrito a este respeito, os portistas sabem-no, sobretudo aqueles que privilegiam mais a competência que a fé. Mesmo assim, nada impede que não possamos obter um bom resultado. A vontade e a competência dos jogadores e do técnico por vezes fazem coisas fantásticas (por vezes), mas quando os principais responsáveis falham naquilo que lhes compete é muito mais difícil superar as dificuldades. Acreditemos então, mais que não seja para não atrair más energias.

Ontem, ao ver Pinto da Costa cumprimentar, um a um, os jogadores do FCPorto na entrada de acesso ao terreno para treinarem, pus-me a adivinhar o que aquele aperto de mão e aquele sorriso simpático pretendiam significar. Em bom português, penso que foi alguma coisa como isto: "vejam lá se ganham o jogo porque nós precisamos de dinheiro como do pão para a bôca. Tenho uns jogadores para comprar, mas a massa que (ainda) há, não chega nem para mandar cantar um  cego. Vá lá, façam um esforço para me livrarem deste sufôco... 

Se, se... Nuno Espírito Santo conseguir ganhar o jogo e a eliminatória em Roma, o mérito será exclusivamente para ele e para a sua equipa. Enquanto Pinto da Costa & Companhia continuarem neste registo de cometerem asneiras atrás de asneiras, não serei  eu que os aplaudirá pela proeza.

Obs:- Espero que o Cassillas jogue como nos seus melhores tempos no Real Madrid (difícil...). Sempre que me lembro do que fez na Taça de Portugal, que a poucos metros da baliza resolveu passar a bola ao Marcano quando atrás dele estava um jogador do Braga que lhe roubou a bola e marcou, tenho receio que a brincadeira se repita. Pessoalmente, acho que na actualidade José Sá é bem melhor. Mas, é a minha opinião. Só.

PS-Mea culpa! Um amigo teve a bondade de me corrigir. O guarda-redes da Taça foi Helton. Sinceramente, pelas imagens que vi, ainda ontem (em repetição) fquei com a ideia que era o Casillas. Mas isto não obsta o que penso de Casillas. As minhas desculpas e um abraço ao amigo VP...

5 comentários:

Soren disse...

Amigo Rui, volto a bater na mesma tecla, com um meio campo com tanta falta de qualidade não é possível.

Ver Herrera e Danilo em campo, e ver o Tomás nos jogos olímpicos e o Ruben no banco, dói a alma. A prioridade deveria ser para contratar um centro campista de qualidade e pulmão.

Depois ver o Paciência no jogos olímpicos e contratar um belga que não pode ser inscrito. Dói a alma.

E dói a alma ver o Victor García a ser emprestado quando não há alternativa a Maxi (que mesmo sem pernas está acima da média, tanta é a falta de qualidade).

Falta um central, mas com um meio campo deste nível, bem podem vir 3 Piques.

Nem vou dizer nada de Casillas. Não quero escrever palavrões por respeito a este grandíssimo blog.

Rui Valente disse...

Soren,

concordo consigo. Não me parece que o aproveitamento de jogadores da equipa B esteja a ser devidamente gerido.

Para lhe ser sincero considero que a contratação de Casillas foi mais uma operação de "charme" que um verdadeiro reforço para a baliza. O barbudo parece-me melhor.

Quanto ao jogo de ontem, esquecendo os 20 minutos iniciais e o auto-golo de Felipe - que até nem esteve mal - não desgostei da equipa, tendo por comparação o jogo pastoso e sem progressão de há pouco tempo atrás.

De resto, do Preside & Ca. já não espero nada de bom.

Um abraço

Deacon Blue disse...

Bom dia,

Na minha opiniao, a boa exibiçao da equipa depois da meia hora de jogo tem um valor relativo porque o Roma jogou com menos um em campo.
Para mim "nao vale"!
E "nao vale" porque a diferença de qualidade era acentuada enquanto 11 contra 11 (Roma muito melhor evidentemente - aos 26 mnts podiamos ja estar com 3 na pa sem quase nao termos chegado a baliza deles).

Ontem fiquei desiludido, nao valorizei o que de bom se fez porque estavamos em vantagem numerica como ja disse, e nao gostei da forma como o treinador passou ao lado disto nos comentarios no final do jogo.
Mas acho que ja estou a ver o discurso do Nuno se formos eliminados em Roma....bate tudo certo....previsivel.....

O FC Porto actual é uma franca decepçao para mim.

Como é possivel ter-se chegado aqui e para onde vamos ainda?

DB



Anónimo disse...

Rui Valente não sei se vai escrever sobre o jogo de ontem, mas deve-lho dizer que nem o Pai nem o Espírito Santo transformam estes Anjinhos em nada a não ser para Andores e lá se vão 14 milhões de mais uma época mal preparada.
Trinta minutos que andamos a treinar a equipa dos romanos e só não levamos com a bola no fundo da baliza mais vezes porque a sorte esteve do nosso lado. O Maior do nosso Clube continua em banho Maria nem lá vai nem sai de cima passou ao lado de uma grande festa que era a sua despedida.
Quando o FCP estava por cima e eles estavam com menos um, olhava-se para o banco e não havia artilharia! Que pobreza Franciscana.

ABÍLIO COSTA.

Rui Valente disse...

Abílio,

Viva! Hoje, prefiro não comentar o jogo porque,para mim, como sabe, o problema principal do FCPorto está na estrutura directiva (e Presidente). Por isso, o tema do post de hoje é
a liderança. Tudo fizeram para termos outra vez uma equipa manca. Depois, a culpa vai direitinha (como sempre) para o treinador.