24 agosto, 2016

Já tinha saudades de um FCPorto assim

Pirueta de alegria de Felipe

Como pudemos constatar, não há victórias antecipadas, nem campeões garantidos, antes do tempo. 

Quando comento sobre o plantel do FCPorto deste ano, limito-me a reconhecer o que todos os portistas reconhecem: a necessidade de reforçar o ataque e a defesa com mais 2 ou 3 jogadores. Sobre Nuno Espírito Santo já aqui escrevi, e digo-o a quem me conhece, que para já está a surpreender-me pela positiva. Não gosto de deitar foguetes antes do tempo, sou prudente, mas não posso deixar de dizer as impressões que registo em determinado tempo. As minhas dúvidas sobre o FCPorto mantêem-se, são as que os leitores já conhecem, estão no tôpo da pirâmide hierárquica.

Como todos vós, delirei com mais esta façanha do nosso clube. Treinador e  jogadores, merecem os melhores elogios, embora me tenha custado muito ver a equipa jogar contra 9 adversários. Cheguei a temer o pior, que ainda íamos acabar por claudicar em superioridade numérica. Enfim, tudo está bem, quando acaba bem.

Há dois aspectos que não posso deixar de evidenciar, por me parecerem extremamente importantes. Primeiro, enaltecer a seriedade e a coragem do árbitro polaco por não ter hesitado em expulsar dois jogadores do Roma na sua casa. Em Portugal, com os nossos árbitros, o FCPorto não tinha essa "sorte", o mais que podiam fazer, era mostrar um amarelo, ou marcar uma simples falta aos infractores.  Além disso, o árbitro teve o mérito de acompanhar de perto todos os lances faltosos, quer de uma equipa, quer de outra. Outro aspecto que me agradou foi a coesão, o espírito de equipa dos jogadores do FCPorto. Contudo, houve algumas peças que destoaram um pouco da maioria. Pela positiva destaco o defesa Felipe, não só pela importância do 1º. golo, mas também pela grande exibição que fez. Octávio, Marcano, Alex Telles, Maxi Pereira, Danilo e depois Layun estiveram todos fantásticos. Empenhados, mas não brilhantes, estiveram também Herrera, André André, André Silva, Casillas (apesar de duas excelentes defesas), Corona (apesar do excelente golo). Não gostei da prestação de Sérgio Oliveira, entra sempre nos jogos de forma demasiado relaxada e (tal como os dois Andrés) com fraca potência no remate. Urge melhorar também estes aspectos.

De resto, só podemos estar felizes. Falta saber se esta victória e o capital que ela trás vão servir como pretexto para Pinto da Costa considerar o plantel fechado, ou se vai mesmo investir nas peças que ainda faltam no plantel. Quando o ouvi, fiquei com a impressão que (agora) está satisfeito com o que tem, e isso pode ser a morte do artista...

6 comentários:

Jorge Vassalo disse...

Acho que Pinto da Costa foi inteligente em reforçar o valor da parte mais atacada, os centrais. Mas ele sabe quais são as lacunas. E agora já pode reforçar, já tem como, bem como a cenourinha Champions.

Os próximos dias vão definir muita coisa.

Abraço.

Rui Valente disse...


Conhecer as lacunas deve conhecer, mas estará interessado em resolvê-las? É que, agora, Pinto da Costa só dá a cara quando as coisas correm bem, e se quer que lhe diga já não tenho como garantida a inteligência das suas afirmações, e decisões.

No passado recente recebeu umas boas cenourinhas da Champions mas ao que parece, não as soube poupar. Meu caro, a partir de agora tudo o que de bom fizer o Nuno Espírito Santo, o mérito será apenas dele e dos jogadores. No contexto actual, se fosse outro treinador dizia o mesmo. Pelo menos, é assim que agora ordeno a minha escala de valores no FCPorto. Senão, veremos quando as arbitragens habilidosas começarem a fazer estragos, se Pinto da Costa vai abrir a boca para defender o clube.

Aguardemos. Oxalá que ele me contrarie.

Um abraço

Deacon Blue disse...

Boas!

Ontem gostei sobretudo do resultado.
Fartei de rogar pragas durante o jogo, um sofrimento até ao 2º golo!
Muitos erros e falta de descernimento...

E eis que, finalmente Pinto da Costa falou.....ganhou....falou...nem se da conta do ridiculo....

Esperemos para ver mas eu agora, so subo expectativas com algo consolidado! Ontem pode ter sido um acaso...
Digo isto com a experiencia de quem se habituou a ver um clube ganhador mas seguro, sabiamos com o que contavamos, agora nao.....até quando???...

Abraço
DB

Anónimo disse...

Foi uma lufada de ar fresco para os cofres do clube que já cheirava a mofo. A este Roma caceteiro não houve fumo branco do Vaticano. Fiquei feliz por passarmos à primeira liga do futebol Europeu, futebol dos milhões, agora só temos que fazer bem o nosso trabalho e irmos o mais longe possível.

Abílio Costa.

Soren disse...

Meu caro, já viu a capa do JN de hoje? Estamos perdidos.

É por isso já há 2 anos deixei de consumir jornais portugueses.

Rui Valente disse...

É, já vi sim Soren, o JN actual mostra muita simpatia pelo vermelho... Tudo em nome da democracia. Só é pena que os jornais de Lisboa continuem muito distraídos com estes exemplos de democratização. É o que faz ter como administrador um gajo chamado Proença de Carvalho e os jornalistas como as elites nortenhas, a fazerem de conta que não se passa nada.

Estámos no intervalo do Sporting - Porto e o árbitro já está a fazer o seu trabalho. Veremos como isto vai acabar.