09 novembro, 2017

Os rostos dizem um pouco, mas não dizem tudo

Resultado de imagem para Quem é João Paulo Rebêlo
João Paulo Rebêlo
(Sec.Estado da Juventude e Desporto)


A primeira decisão a tomar por quem de direito (que em Portugal não faço ideia o que seja) para acabar com a violência no futebol português, é dar um ponta-pé no traseiro destes dois cromos. 

Se não forem capazes de os despachar para o futebol do Burquina Faso, que então os mergulhem nas cloacas da terra. Mas não se esqueçam de tapar o nariz. 



Resultado de imagem para Quem é Augusto Baganha
Augusto Baganha
(Presidente do IPDJ)

4 comentários:

António Ferreira disse...

RUI, este MLP não engana ninguém desde pequenino, esta aqui a cronologia toda da besta desde a infância, mas permita q lhe chame a atenção para isto, obrigar a besta a responder perante quem detêm a autoridade resolve isto? na minha opinião este é um momento único para se lançar o debate o q resolve isto é atacar o processo e todos os q dele fazem parte e q permite q este tipo de lixo apareça em lugares de decisão em Portugal e eles são aos milhares! temos q ser ambiciosos no combate a esta corrupção toda e ir alem desta escumalha q são os mais visíveis mas não passam de peões neste tabuleiro da corrupção!

Que triste uso para o apelido Lucas Pires, a família não merece!

Anónimo disse...

Como é que esses crápulas chegam a esses cargos é que era importante descobrir

Rui Valente disse...

António Ferreira,

estou cansado de propor que o Porto Canal devia promover mais debates com a sociedade civil (de preferência descomprometida c/ a política) da região e da cidade de forma a dinamizar a nossa causa. Mas tenho a ideia que quem dirige o Canal não sabe (ou não pode) nada do assunto.

Anónimo,

Os crápulas estão no poder porque houve alguém que lhes reconheceu competências e votou neles.
Tão simples, como isso. Só por isso eu não voto. Repito: estarei disponível para votar se os políticos se compromenterem de forma mais séria com o eleitorado, Assim, não há nada para ninguém.

Anónimo disse...

Esse alguém que lhes reconheceu competências, nós já sabemos quem é, é o bandido do costume, o padrinho lampiónico vermelho. São os tais lugares chaves que servem para inquinar o futebol português a favor do clube do regime. O problema é que todos nós andamos a pagar para esta corja incompetente e vendida, os lesa pátria.

Abílio Costa.