05 novembro, 2017

Um Porto sólido, e solidário, bebe-se sempre bem


Resultado de imagem para sergio conceição
Não faz o meu género deitar foguetes antes das festa, mas pelo que até ao momento foi capaz de fazer, em comparação com o que (não) fez Nuno Espírito Santo, tanto em termos de resultados, como no aspecto técnico e anímico, Sérgio Conceição deu passos de gigante.  Desse ponto de vista, o metro e noventa e um de NES, é de pigmeu ao lado de Sérgio.

Um homem que tem a coragem de lançar um guarda-redes novo e praticamente desconhecido como José Sá, e deixar a suplente uma vedeta de créditos firmados como Iker Casillas, sabendo o que isso significa num país como Portugal onde impera a má língua, só pode ser um homem de carácter. Aconteça o que acontecer, estarei sempre a seu lado.

Conceição, soube transformar uma equipa tímida e desmoralizada, por factores endógenos e exógenos, num conjunto de jogadores resistentes e combativos como já não havia memória. Pena é que o plantel seja curto, mas disso ele não tem culpa absolutamente nenhuma. Foi o que lhe deram para trabalhar. Mesmo assim, estou convencido que vai conseguir ter sucesso e ganhar troféus. E se tal não acontecer, é porque outros obstáculos se levantaram.

O que lhe desejo, assim como aos jogadores, é que sejam felizes, porque quem luta como eles têm lutado, é isso que merecem. E os adeptos também.

Sem comentários: