28 março, 2011

Souto Moura vence o prémio Pritzker 2011, o Nobel da arquitectura

O atelier do arquitecto Eduardo Souto de Moura confirmou ao PÚBLICO a atribuição do prémio Pritzker 2011, o maior galardão mundial na área da arquitectura.



Nota de ROP:
Mais um "provinciano" portuense a ver reconhecido, lá fora, méritos que cá dentro só são enfatizados aos meninos de Lisboa. Meninos esses que ainda por cima lá fora ninguém sequer conhece ... O centralismo é mesmo assim.

2 comentários:

Anónimo disse...

É bom um prémio desses, vir para um arquitcto do Norte.
Só é pena que seja Vermelho.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.

FernandoB disse...

Uma coisa é verdade verdadinha...
Se só houvesse Faculdades em Lisboa, a capital já tinha 2 PRITZKER...
Assim o máximo que podem aspirar, é o Prémio dos Amarelejos, a Tomaz Taveira, pelo Alvalade XXI !!!