13 dezembro, 2015

O FCPorto e os comentadores do Porto Canal

Se há coisa que me faz trepar pelas paredes é a incapacidade de alguns para analisarem as coisas com frontalidade. Não se trata aqui de facciosismo, de considerar apenas correctas as opiniões que correspondem às nossas, e incorrectas as opostas. Trata-se de olhar para as situações concretas e de as apreciar, ou não, com a mesma naturalidade com que saboreamos os alimentos, independentemente dos gostos de cada qual. Há quem goste mais da carne bem passada e quem a prefira meia crua, agora o que ninguém gosta é de carne dura como a sola de um sapato.

Não sendo de comida, mas de futebol o que estou a falar, faz-me grande confusão que os comentadores habituais dos jogos do FCPorto, no Porto Canal,  sejam tão parcimoniosos nas avaliações que fazem aos jogos do nosso clube. Raramente assumem sem papas na língua, os maus jogos e o futebol intermitente praticado pela equipa de Lopetegui. Percebo que estando a trabalhar, ou a receber qualquer avença do clube, haja alguma contenção, que não se sintam à vontade para dizerem o que pensam, mas usar um vocabulário eivado de elogios quando a equipa joga francamente mal, nem é sério, nem pedagógico. 

Como não acredito que tais comentadores não percebam de futebol (um deles até já foi jogador do FCPorto), só posso concluir que a parcimónia seja a razão causa efeito do receio de retaliações se disserem exactamente o que pensam. A avaliar pela política de comunicação levada a cabo pela SAD portista, omissa e sobranceira (para dizer ditatorial), não me espanta nada que o medo esteja instalado também dentro do Porto Canal, como está aliás no próprio país. Sinais dos tempos, ou resíduos secundários das más políticas conservadoras?

Uma coisa é certa: goste, ou não, Pinto da Costa vai ter mesmo de sair da toca do silêncio em que se refugiou, caso não queira que lhe aconteça a ele a mesma carinhosa recepção que uns adeptos menos dados a finesses, dedicaram a Lopetegui, mal chegou a Pedras Rubras. É só uma questão de tempo. Ainda há pouco ninguém questionava a liderança de Pinto da Costa, agora já há quem duvide das suas actuais aptidões. Eu também já a questiono, e não a escondo. Lamento-o, porque gostava que quando saísse do clube usasse a porta grande. Mas ele parece querer ser empurrado.

2 comentários:

Anónimo disse...

Subscrevo totalmente! Nem mais.

Anónimo disse...

Ó Rui não diga mal desses comentadores do Porto Canal, são mesmo um Gracinha, parecem uns bonecos de feira para fazer rir a criançada, estão sempre na graça do Senhor. Provavelmente não ganham nada, mas dá sempre para aparecerem na televisão e serem muito conhecidos, mas são mesmo uma Gracinha.

Já agora também todos os Portistas vão ficar descansados que o nosso presidente vai ao Porto Canal para desejar Bom Natal a todos os Portistas sem excepção mas não vai falar do Treinador porque anda muito constipado.

Abílio Costa.