28 junho, 2016

Para sabichões da treta


História do Norte! (Capítulo I)


O Princípio
"A região na qual se encontra actualmente Portugal esteve habitada por pelo menos há quinhentos mil anos, primeiro pelos Neandertais, e mais tarde, pelos homens modernos. Cerca de 10 000 a.C., a Península Ibérica era habitada por povos autóctones sem parentesco aparente com quaisquer outros povos conhecidos, denominados Iberos." Nesta altura já havia diferenças entre as varias regiões pela península ibérica.


Mas só se cristalizou as diferenças devido à geografia e a vindas de emigrações de alguns povos para esta região que marcaram profundamente as bases para a identidade do Norte de Portugal.



Os Nosso Antepassados (CELTAS)
Cerca de 1000 a.C. mas provavelmente ainda antes, a região passou a ser habitada por povos Indo-Europeus, de origem Celta que coexistiram com os povos Iberos, habitando regiões distintas da Península Ibérica. Na zona Leste da meseta Central, os povos Celtas mesclaram-se com os povos Iberos dando origem aos Celtiberos, que não se devem confundir com os Celtas Ibéricos (Celtas da Península Ibérica) que em Inglês se denominam de Celtiberians. Vários povos habitavam a Península Ibérica, divididos em três ramos étnico-culturais primordiais: Os Celtas Indo-Europeus, os Iberos de origem desconhecida e os Celtiberos que viviam na Meseta Central. Entre esses povos encontravam-se: os Lusitanos, os Calaicos ou Gallaeci e os Cónios, entre outras menos significativas, tais como os BrácarosCélticosCoelernosEquesos,GróviosInteramicosLeunosLuancosLímicosNarbasos,NemetatosGigurriPésuresQuaquernosSeurbos,TamaganiTaporosZoelasTurodos. Influências mínimas exerceram os Gregos e os Fenícios-Cartagineses com as suas pequenas colónias-feitorias comerciais costeiras semi-permanentes de grande importância estratégica. Estes últimos dois povos não contribuíram virtualmente para a ascendência dos povos da Península.
Os Celtas viviam principalmente na zona Norte e Ocidental da Península enquanto que os Iberos viviam na zona Sul e Leste da mesma. Para uma maior compreensão do tema, é favor procurar a versão Inglesa, muito mais completa e independente.

Sem comentários: