31 agosto, 2016

Bernardino Barros, o menos mau dos comentadores do Porto Canal



Só hoje, tive oportunidade de ver o programa Universo Porto, transmitido pelo Porto Canal e ouvir os comentários de Bernardino Barros sobre a escandalosa arbitragem de domingo passado.

Embora não me reveja totalmente na dupla personalidade de Bernardino, muito soft nos estúdios da TVI24, e muito hard no Porto Canal, no contexto actual, onde o universo portista se deixou contaminar por uma estranha praga de temor, sinto-me tentado a elogiar-lhe a atitude. Basta olhar para as imagens do vídeo para os restantes comentadores e ver a diferença... 

Tal como me conheço (e aqui, arrisco-me a ser acusado de soberba) no lugar dele - sem sequer me interessar quanto pagam em Lisboa aos comentadores -, teria tentado usar na TVI24 o mesmo discurso que usei no Porto Canal e matado 2 coelhos de uma só cajadada. Teria falado para a oposição (o inimigo) e ao mesmo tempo para casa (os dirigentes do FCPorto). É bem possível que, nem me deixassem acabar de falar, mas pelo menos tentava. Se me cortassem a palavra, só tinha uma coisa a fazer: levantava-me, e abandonava os estúdios assim que me apercebesse que as câmeras estavam apontadas para mim, louvando-lhes o forte sentido de democracia... Mas as primeiras palavras seriam minhas, nada doces, seriam suficientemente sintéticas para dizer ao que ia sem precisar de grandes discursos...

Sei bem que os actuais conceitos de inteligência foram adulterados por outros que parecendo semelhantes são bastante diferentes. O chico esperto, usa os neurónios preservando a oportunidade do lucro, o inteligente sacrifica-os em nome da integridade, que é o alicerce mais sólido para a liberdade extrema. Hoje, a inteligência anda muito mal cotada, é sinónimo de lorpice, já o chico-esperto colhe materialmente os louros da inteligência, mas perde parte importante da sua liberdade e coerência. A vida está difícil, eu sei. Mas que diabo, há coisas que não têm preço. Nem fazem ideia o gozo que me dava dizer na cara daqueles escroques azeiteiros aquilo que ainda ninguém lhes disse publicamente. Afinal, ainda seria pouco, pelo muito mal que nos têm feito, actualmente... com a cumplicidade de Pinto da Costa & Companhia.

2 comentários:

Artur Matias disse...

O ultimo a fazer algo parecido foi o Rui Moreira. Venham mais bastioes destes.

Anónimo disse...

Ninguém os tem no sítio porque estão sujeitos a perder o emprego.
Continuo sem saber o que é o Porto Canal para o FCP! Tirando as transmissões desportivas do clube aquilo é uma palhaçada. Quanto é que o FCP paga por aquela M.... ao Porto Canal! Vão lá meter mais familiares e amigos dos administradores da SAD e clube paga!...

Esta gente do FCP chefiada pelo presidente que trabalhou este mercado de compra e venda de jogadores, foi de tal incompetência que só demonstrou que vão levar o Clube a ruína. A vergonha passou à porta desta gentalha e até fugiu. Brado aqui com todos os meus pulmões vão-se embora deixem o FCP em paz sua corja...

Abílio Costa.