30 agosto, 2016

O FCPorto, o Porto Canal e o Medo

Por mais evidentes que sejam os factos e procure aceitar a realidade, tenho muita dificuldade em assimilar o comportamento de Pinto da Costa. Para quem se habituou a ver nele um homem sagaz, lutador e inteligente, não é fácil compreender esta mudança sem levantar suspeições. Porque, quem fez o que ele fez pelo FCPorto, e a forma como o defendeu, pode duvidar de tudo, menos do seu amor ao clube. Todavia, confrontando essa devoção quase sagrada, com o distanciamento arrogante com que agora tem brindado os portistas, manifesto  por uma capa incompreensível e  irritante de silêncio, só resta a decepção.

Pessoalmente, fiquei muito mal impressionado, quando há uns tempos atrás, no Porto Canal, afirmou que não lia blogues, provando que não se adptou aos novos tempos e que para ele o contacto com os adeptos se circunscreve aos dias de futebol no Dragão, ou às recepções nos hoteis e aeroportos, ou seja, a uma minoria. A serem verdadeiras essas palavras, percebe-se um pouco a causa da sua mudança, o afastamento pelas coisas que o deviam aproximar para seu próprio interesse e segurança. A sua mudança é igualmente notória relativamente ao Porto Canal. Além dos conteúdos desportivos, a transmissão de jogos das modalidades e do futebol junior e meia-dúzia de programas interessantes, há um desleixo irracional em termos de comunicação que também não se compreende. Tal como está, a sua utilidade é praticamente nula. 

 Por mais que o FCPorto publique protestos via newsletter no Dragões Diário, nunca fará ouvir a sua voz sem o recurso ao Porto Canal  (que é maioritariamente propriedade do FCP) e se não fôr a voz do presidente a corporizà-la. As mesmas imagens que testemunharam a roubalheira do árbitro no jogo com o Sporting teriam um impacto público incomparavelmente maior do que poderá ter tido a newsletter. Os próprios órgãos desportivos, os árbitros, os nossos adversários, começariam a olhar para o Porto Canal e para o FCPorto com mais respeito. Com o tempo, e uma contínua vigilância ao trabalho dos árbitros sempre que se justificasse, seguida de protestos claros, lá para a capital, começavam a ter um bocadinho mais de respeito por nós e inevitavelmente a desacelerar a dinâmica da roubalheira.

Pedir aos árbitros, abstractamente, para não inclinarem o campo, é um acto de subalternização humilhante, sobretudo quando o pedido é dirigido a entidades pouco respeitáveis e comprovadamente comprometidas com a ditadura centralista. O FCPorto não tem que pedir, não deve pedir, tem de EXIGIR! Pedir, é para os fadistas. Nós exigimos seriedade, não pedimos! Fazê-lo é como perguntar a um ladrão por que é que não é honesto.

No pós-jogo de Domingo, foi curiosa a influência que Rita Moreira (irmã do Presidente da Câmara) teve no ambiente habitualmente sensaborão de Cândido Costa e José Fernando Rio. Curiosa, porque foi preciso uma mulher raçuda e sem papas na língua para contagiar positivamente todos os outros. De repente, soltaram-se, pareciam estar em casa com os amigos, protestavam, riam, ironizavam com uma descontração pouco usual sobre o trabalho miserável do árbitro.

Que desperdício este Porto Canal...

Por que será que esta gente fala do Porto com aparente orgulho, quando no sangue que lhe corre nas veias parece não existir o ADN que  empresta o carácter de tripeiro?     

5 comentários:

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Caro Rui Valente,

Quando o Presidente diz que não lê blogs eu acredito. Porém apostava singelo contra dobrado que alguém lhos lê. Preocupante é que ninguém lhe ouse dizer, Presidente! "CHOVE SOBRE SANTIAGO".
Quanto à rapaziada do Porto Canal tenho a certeza que lê blogs. Provavelmente até gostam do que lá se diz. Uma avença é uma avença e a vida não está fácil. Nesta prespectiva procuram um desempenho televisivo que lhes permita passar entre os pingos da chuva.
Se o Presidente não fala é porque as coisas não estão assim tão mal.
Estranha-se, mas ao cabo destes 3 anos a coisa entranha-se e depois como diria o outro ! Too late !

Cumprimentos

Anónimo disse...

Eu não sei se alguém lhe diz que chove sobre Santiago, agora que ele deveria saber é que o FCP não é a Coreia do Norte da dinastia King, há que dar lugar a outros mais novos que reajam às barbaridades que fazem ao FCP neste país altamente centralista com políticos pseud/democráticos.
Neste mercado de entradas e saídas assim como aconteceu noutros anteriores, parece ser feito por baratas tontas acertam muito pouco.

Porto Canal em relação ao FCP não é nada, é zero, não tem nada de jeito a não ser as transmissões. Como programas de interesse, minha nossa Senhora, alguns são de uma parolice provinciana.

Abílio Costa.

jchs disse...

Rui Valente, totalmente de acordo com tudo o que escreveu.

E, para dar mais um exemplo do triste estado a que conduziram o Clube, veja-se o caso do comentador do Porto Canal, Bernardino Barros, pessoa de dupla face:

Quando está a comentar no PC é um homem bravo, sem papas na língua, um verdadeiro transmontano de Vila Real, diz o que os portistas reclamam por essas redes sociais fora.

Quando chega a Lisboa, para comentar na TVI 24, acobarda-se, fica mansinho, rabinho entre as pernas, fazendo objectivamente o jogo dos centralistas.

Com este cenário, eu já perdi a esperança.

Valha-nos pessoas como o Rui Valente, que contra tudo, continua a lutar.

Bem-haja.

Deacon Blue disse...

Caro jchs,

Permita que junte ao Rui Valente o Manuel Vila Pouca do "Dragao até a morte" no papel que ambos têm na defesa do nosso clube!
E mais alguns acredito que devem de existir.....

Nao sera o momento de criar uma equipe para fazer alguma coisa?

Eu estou de momento condicionado porque nao sou socio e so estou ca aos fins de semana!

Mas no que puder, contem comigo!

Abraço
DB

Brito51 disse...

Nosso Ex. Grande clube F.C. do Porto está uma autentica vergonha,, o presidente já não existe como em tempos cumpria bem esse papel, a SAD meu Deus nem quero falar de todas as desgraças que estão a fazer ao clube do meu coração a trés anos seguidos, e vamos no 4º ano e penso que vai ser igualzinho aos 3 passados, visto as compras e vendas que nosso clube efectuou,, dá muito mas muito que pensar, o que se passa no nosso lindo e grande F.C. do Porto, desde o Paulo Fonseca nada melhorou, foi sempre para pior, temos um jogo lindo, já dizemos alto temos equipa, o Ano passado foi a mesma coisa quando ganhemos ao Benfica na Luz, acabou o ano e nada ganhemos, este Ano começa igual eliminemos o Roma, e no jogo contra o Sporting já não se via ninguém,, sei que a arbitro foi um ladrão de primeira mas nem o nosso presidente que antigamente fazia as declarações certas, agora nada de nada,, enfim penso que vamos ter uma época igual as 3 passadas, sem nada ganhar, ao menos que a SAD e o Presidente se demitam, assim os adeptos ganham com uma nova sad e novo presidente bem mais jovem e mais agressivo que o actual obrigado e até breve,,,,