23 abril, 2017

O Benfica é o santuário do crime, e... aonde pára o Estado de Direito?

3 comentários:

Soren disse...

O Estado de Direito não existe se não houver justiça. O Poder Central nunca perdoará ao Porto o facto de ter ganho e ter sido melhor tantos anos seguidos.

O Benfica, repito, é uns dos 3 maiores cancros sociais de Portugal.

É um país com uma cultura à deriva, vermelho, salazarista e injusto, profundamente injusto. É muita ignorância. Demasiada. O povão vive feliz assim, na chafurdice.

Rui Valente disse...


cada povo tem os governantes que merece...

chateia ter de reconhecer a veracidade dos aforismos, mas são tão factuais que permanecem eternos.

Como quer que seja, nem todos somos assim, porra! E custa muito suportar desgostos desta gravidade. É revoltante! É quase tão difícil como encontrar ouro entre as areias de um riacho.

Anónimo disse...

Por isso o mafioso não quer claques legalizadas, das-lhes jeito assim.
A justiça neste país é uma treta, um nojo, não é exemplo de nada.
Razão tem o presidente Calimero, quando diz que o padrinho orelhas sair vai fazer companhia ao Vale Azevedo, porque enquanto estiver no Clube Batoteiro pode gamar vigarizar à vontade.

Abílio Costa.