24 abril, 2018

Marega, passou de jogador banal a dínamo da equipa




Já não restam dúvidas, com  Marega a equipa é outra, tem mais profundidade e resistência.   A sua postura em campo é contagiante, tem o grande dom de animar todo o plantel. É mesmo o motor da equipa,  o  que não é normal no lugar em que joga. Pode não ter o talento técnico de Brahimi mas tem a força de vontade dos grandes jogadores e procura superar-se.

Ontem, até o Brahimi foi menos egoísta, menos complicativo. Se percebesse que quando joga assim, torna-se melhor jogador, mais eficiente, aumentando as oportunidades para marcar golos e brilhar, não se agarrava tanto à bola e trocava-a com os colegas de outra forma. É verdade que de vez em quando marca uns golos bonitos, como o de ontem, mas se repararem, mesmo assim, quando recebeu a bola teve de lhe dar 3 toques antes de rematar, o que significa que se tivesse pela frente um defesa mais rápido talvez não tivesse marcado. Enfim, ainda bem que a bola entrou.

Foi muito importante a victória e o resultado, porque é uma espécie de vitamina para a próxima etapa. O jogo com o Marítimo tem de ser encarado com muita ambição, com muita determinação, mas sobretudo com uma confiança serena. Há que ir para o jogo sem macaquinhos na cabeça, com cuidado para não dar grandes chances aos árbitros para fazerem as habilidades do costume porque isto ainda não acabou, e a vigarice  ainda anda no ar...

Um à parte: Alex Telles esteve, como é costume, fenomenal!

Vamos lá Porto! Apesar de não termos quem defenda o clube, como devia ser, pode ser que os jogadores façam a sua parte, com a competência de ontem.    

3 comentários:

Anónimo disse...

Quantos Maregas já passaram pelo FCP e não deram nada!... Porque os tempos eram outros; não sei se me faço compreender... hoje como não há Plim, como diz o povo até migalhas vão, e aí aparece algo que damos valor.

Abílio Costa.

Roque disse...

Este Marega não é nada banal. E não passaram muitos como ele pelo FCP garanto.
É a alegria e alma desta equipa. Ataca, defende à frente e atrás, corre, assiste, remata. è incansável, sempre com um sorriso alegre em campo que só muda quando sai.
E não é de agora. Já me fazia ver os jogos do Guimaraes quando ali jogava. O Pedro Martins sabia bem disso e nunca o dispensou.
É melhor que muitas vedetas do presente e do passado que, melhor que ele só tinham as campanhas de marketing
Para mim é fácil pensar que será vendido pela cláusula com pena minha. Mas se não for, que lhe aumentem o vencimento para que continue a dar-nos muitas alegrias no futuro.

Rui Valente disse...

Roque,

Inteiramente de acordo.