02 novembro, 2015

Só falta o Pinto da Costa e o Porto Canal dizerem ámen

2 de novembro de 2015
Coerentes com aquilo que venho aqui afirmando, os directores/administradores do JN "remodelado" não cansam de tentar ligar o nome do FCPorto a tudo que possa conspurcá-lo.

Continuam praticamente alheios e mansos à pouca vergonha jà antiga dos programas de futebol, onde os representantes do "glorioso" e dos "verdes", representam o que há de pior na sociedade (políticos incluídos). E passam  quase sempre ao lado dos autocarros incendiados, das tochas, de agressões a atletas adversários, de esquemas ilícitos, tráfego de droga, ilegalização de claques (Benfica), colinhos de árbitros, e por aí fora, É um fartar vilanagem. Mesmo assim, há uns COBARDOLAS, que passam por aqui a armar em gente séria pensando que lhes dou protagonismo. Só não os meto na cadeia porque não posso, senão era lá que disfrutavam a democracia segundo as minhas regras.

Mas, há mais.  Basta acontecer um espirro no Porto para logo o transformarem numa bomba atómica. Uma senhoreca jornalista, da nova estrutura directiva -vinda sabe-se lá de onde -, que nem sequer é especialista em desporto, resolveu hoje sair da casota da timidez [que ignorou até hoje, as poucas vergonhas que atrás referi], para se insurgir com o que um grupo de palermas fez a bordo de um avião, só porque eram portistas... É sportinguista a madame, percebe-se... Mas nem por isso se lembrou do "mui urbano" Bruno de Carvalho, presidente do seu clube, mas ignorou aquele fulano também do seu clube e ex-director da PJ que controlava as contas bancárias dos árbitros, que não abriu a boca com a droga traficada na porta 18 no estádio da Luz (porque será que a Mizé Morgado não pia agora?), nem inspirou a escrita com as barbaridades de adeptos benfiquistas provocadas no campo do Atlético de Madrid que resultaram em ferimentos graves numa criança... Não se lembrou, não viu, nem ouviu, nem escreveu nada. A cor e  a origem dos infractores é que determinam o grau de indignação desta gentinha moralista, e a abertura de processos judiciais. Cínicos! Nem mais.

Está aqui, podem ler. 

É o que vos digo amigos, não comprem o JN! O JN morreu. Façam-lhe o funeral.

8 comentários:

Anónimo disse...

http://www.reflexaoportista.pt/2015/11/convem-que-jj-diga-tudo-o-que-sabe.html

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Caro Rui Valente,
Postagem oportuna e demonstrativa. Basta estar levemente atento, para perceber as campanhas sórdidas que se vão desencadeando aqui e ali " sob o manto diáfano da fantasia" e que a estrutura vertical de uns poucos vão destapando e mostrando: " a nudez crua da verdade".
Há duas semanas, JNPC, comentou a chafurdice da 2ª Circular. Dias depois este JN, através do incansável funcionário que acompanha temas afins, reportava uma vez mais os contornos da Operação Fénix (a águia está sempre presente)realçando que os operacionais de segurança trabalhavam para o FCP, Dirigentes e outros.
Sabendo que depois do Apito Dourado, os portistas estão vacinados contra qualquer tipo de ataque e com receio que os efeitos da manhosice fosse pura e simplesmente ignorada, voltaram à carga dias depois com o mesmo tema e a mesma alusão aos directores do FCP.
É lamentável o estado a que o clube vai chegando. Todo o barulho produzido à volta de "CORTESIAS"; vouchers e demais "fait divers", serve apenas para ocultar a grande manobra de "decapitação" da gestão do clube. O FCP foi tomado por dentro. Só assim se percebe a ausência de respostas a esses ataques. Preenchem-se os espaços do clube na TV com futilidades e slogans vazios de determinação e afirmação do espírito guerreiro que tanto custou a cimentar a partir de PEDROTO e JNPC.
Não auguro nada de bom até ao fim do ano. O senhor Julen Lopetegui continua a percorrer as mesmas veredas de outrora. Quando acossado pela necessidade de ganhar perde, perde sempre.
Até aqui os nossos detractores estão bem servidos.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Eu sou um papão... qualquer dia vou aí buscar o coração do Rei D. Pedro IV pois o pessoal daí não está a fazer nada para o prestigiar e o merecer

A. Martins

Rui Valente disse...

Caro Guilherme Olaio,

É como diz, o JN tem gente obcecada em manchar o nome do FCPorto e dos seus dirigentes. É para aí a 4ª. vez que a despropósito publicam a mesma notícia e associam sempre o nome do FCP e de Antero Henrique ao tipo da Empresa de Segurança (Eduardo Silva) que foi detido. Há falta de notícias novas, repetem-nas para tentar ligar uma coisa com a outra, e à Noite Branca... Mas não se incomodam com "a Porta 18", com as ligações de LFVieira ao tráfego de droga. É a tal paixão pela verdade desportiva...com cores.

Como quem cala consente, o JN vai continuar na senda da perseguição ao FCPorto.
Se isto acontecesse aqui há uns anos, sempre haveria de emergir um magnata brioso da região que comprasse o JN e corresse com esta corja de chantagistas e jornalistas de sargeta. Mas agora, nem os visados se coçam. Isto ainda vai acabar mal para eles, e vai ser dentro do próprio clube.
Um abraço

Rui Valente disse...

A. Martins,

a brincar que o diga, acabo por lhe dar razão. Os portuenses de agora estão estupidificados pelo lisbocentrismo.

Venham os bairristas de outrora (com pronúncia e tudo) que isto agora é só pobreza de espírito.

dragao vila pouca disse...

Só me apetece dizer: chiu, não acordem o dragão.
Abraço

Anónimo disse...

http://tribunaportista.blogspot.pt/2015/10/que-nunca-nos-falto-pendao.html

Anónimo disse...

Este jornal está entregue à bicharada já prolifera ódio doentio naquelas páginas ao FCP. Não conheço esse fedelho feito senhora, mas, como diz o povo vozes de burro não chegam ao céu.
Já se calaram com as tochas enviadas por vermelhos para os adeptos do Atlético de Madrid, da peixeirada dos Calimeros no jogo com o Estoril e não só.
É preciso vir em primeira página uma situação não desejada, mas empolada por este pasquim, até parece que estamos a falar em experiências nucleares na Coreia do Norte.
Quanto ao Porto Canal, aquilo é uma Jucada de um mal hálito jornalístico.

Abílio Costa.