08 março, 2016

Adeptos/Opiniões


Esqueçamos, por momentos, as nossas opiniões pessoais sobre os adeptos portistas acima plasmados, e levantemos algumas questões:

  1. Mesmo não levando a sério as declarações de Pinto da Costa quando disse (no Porto Canal) que não lia blogues, a pergunta que se impõe, é: também não lê jornais? Este retalho, foi cortado do JN, onde Pinto da Costa faz questão de conservar o seu nome no Conselho Editorial, apesar de agora ser mais um jornal a fazer coro com os jornais de Lisboa na campanha de branqueamento e promoção do clube do regime.  
  2. Se não lê blogues nem jornais, quais são as suas fontes de informação de referência? A Bola? O Record? O Correio da Manhã?
  3. No universo distante e hermético da SAD, não haverá ninguém que leia por ele, e o informe do que se passa fora dos gabinetes? 
  4. É com silêncio, com uma política de altivez face aos adeptos, e a aproximação fraterna aos símbolos do centralismo que pensa combatê-lo? 
  5. Será que o Presidente portista acha a grande massa adepta do FCPorto uma cambada de parvos sem voto na matéria? Se acha, está enganado, porque ainda há quem não se sinta obrigado a engolir sapos com os juros do que fez no passado.
  6. Por último, há uma coisa, a qual Pinto da Costa já não pode obstar: a liberdade de opinião. E, estes depoimentos de 4 colunáveis portistas, não são propriamente manifestos de solidariedade.  

11 comentários:

Anónimo disse...

Mas a grande questão, porventura a mais importante de todas será: quem poderá substituir Pinto da Costa?

Rui Valente disse...

Meu caro,

essa grande questão será tão depressa ultrapassada, quanto mais cedo os potenciais candidatos saírem do anonimato para se candidatarem.

Só restam 2 caminhos à SAD: ou reune, assumindo os erros que cometeram e repensam a estratégia, ou, cedo ou tarde, vai acabar por cair de podre.

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Caro Rui Valente,
Qualquer dos opinantes tem da era anterior a Pinto da Costa a ténue ideia de que estivemos muitos anos sem ganhar. Os Presidentes até 1974 eram gente com prestígio . Médicos, Empresários ( não empreendedores)Banqueiros (dos Honestos). Recebiam muito bem quem nos visitava e não faziam ondas porque os tempos não davam para tal. Tínhamos grandes jogadores, etc , etc...mas só nos faltava falar. Até que tudo muda com José Maria Pedroto, António Morais e Pinto da Costa então chefe do Departamento de Futebol do Clube. Pedroto deu o mote. Roubos de Igreja, Clubes do regime, Calabotes e outros temas, para os quais quem se habituou, a fazer o que queria e como queria do Futebol, não estava habituado a ouvir, TREMEU. Por seu lado Pinto da Costa amplificava, com as qualidades que lhe reconhecemos e que o tempo levou, toda e qualquer manigância que ousassem aprontar ao Futebol Clube do Porto.
Aqui chegados, se conclui que aparecer alguém que se assemelhe às características de Pinto da Costa nos anos 80 só por clonagem. Assim sendo e porque eventuais candidatos, terão forçosamente que percorrer a Estrada para Damasco, estão como Saulo, à espera. Estão à beira das águas, mas não entram.
Em suma, candidatos nem vê-los. E aqui reside o drama desta estória.
Sabendo disto ou sentindo isto (falta de alternativa) temos que concluir que o nosso Presidente não se está a portar bem. Não se rodeou de quem devia. Um a um, por desaparecimento físico ou esgueirando-se outros, por entre a bruma dos dias, está definitivamente só. Já não distingue Vítor Serpa do director do pasquim da Queimada e vai como Rui Valente já anteviu acabar a sua longa vida ao serviço do Futebol Clube do Porto sem o peso da saudade e do prestígio granjeado, no período de 1975 a 2011.
Em suma, candidatos no anonimato, não faltam. Nos programas idiotas sobre a jornada futebolística e nas tertúlias do Correio da Manhã há muitos! É só escolher e deitar fora!
PINTO DA COSTA, O HOMEM QUE CRIOU O MUNDO E TUDO FAZ PARA SE DESFAZER DELE.
Cumprimentos

Rui Valente disse...

Caro Guilherme Olaio,

esta sua frase sintetiza o mais relevante:

«PINTO DA COSTA, O HOMEM QUE CRIOU O MUNDO E TUDO FAZ PARA SE DESFAZER DELE».

É lamentável, mas pelos vistos ele prefere correr o risco de destruir o que de melhor tem o seu currículo.

Um abraço

Deacon Blue disse...

Boas,

Carlos Abreu Amorim, nao tardou muito e ja levou com um processo em cima.

Pena que nao tenham a mesma rapidez a agir contra aqueles que nos andam a comer!

Isto tudo cheira mal, pelas piores razoes pois pinta que temos alguem agarrado ao poder e a ser assim, isto pode vir a ser muito mais grave do que o que se pensa...

Oxala me engane....

DB

Anónimo disse...

Tudo na vida por mais qualidade que tenha um produto, há sempre um prazo de validade, se houver honestidade não vai ser ASAE que o força a sair do mercado com as respectivas consequências.

Tirando alguns beijas cus, neste momento mau do FCP, infelizmente ninguém da SAD pelos vistos reconhece os seus erros e conveniências resta-lhes neste momento a segurança (para já) da guarda a cavalo dos Super/Dragões, mas aviso o responsáveis, que estes senhores também são Portistas e a qualquer momento pode virar-se o feitiço contra o feiticeiro.

Abílio Costa.

Dragão Maronês disse...

Prevejo, com muita tristeza, que Pinto da Costa se prepara para deixar o nosso clube no lugar em que o encontrou quando tomou conta do Departamento de Futebol do F.C.Porto
Isto é, vamos voltar à "apagada e vil tristeza de antigamente".

Soren disse...

Há muita gente competente interessada em trabalhar com Pinto da Costa e ajudar o FC Porto a ganhar.
Mas isso choca com os planos economicistas da SAD. Ninguém está tão interessado em ganhar titulos como em ganhar dinheiro.

O FC Porto como o conhecemos nos ultimos 30 anos acabou. o comentario do Guilherme Olario sintetiza tudo o que penso.

Anónimo disse...

Treinadores sem perfil ou conhecimento do país e sobretudo do seu futebol.

Excessiva rotação de jogadores.

Aquisições de Milhões que nem para suplentes satisfazem.

Pouca ou nenhuma importância dada durante anos ao Futebol Juvenil e por consequência formação de plantel sénior sem qualquer identidade.

Muito por força da actual Lei de bases o centralismo reforçou se e assim o FCP deveria ter arranjado maneira de intervir com assiduidade na "intoxicação social" de forma indirecta para eventualmente pressionar e denunciar arbitrariedades de nomeações etc.

Muitas Gorduras ???

SAD adormecida ( ou gasta e ultrapassada),despesista e sem linha de rumo viável ???

Anónimo disse...

off topic

a propósito dos comentários de um comentadeiro sobre os valores do norte e os princípios que baseiam a educação dos nortenhos, sou a questionar se o Luis Filipe Menezes e a sua pandilha de tachistas também foi educada com esses princípios. ou será que vila nova de gaia já não é norte?

serve isto para dizer que, caloteiros, bandidos, corruptos, tachistas e por aí fora tanto existem em Sagres como em Caminha.

Rui Valente disse...

pessoalmente, nunca me leram dizer, que as gentes do Norte são todas perfeitas, que só têm virtudes, e os das outras regiões uns safados. Isso, é uma infantilidade. O que disse, e não fui eu que inventei, é a história que o diz (a não ser que a história seja uma farsa, e nesse caso, temos de desconfiar de tudo), é que no Norte e no Porto, as pessoas sedmpre foram conhecidas pela hospitalidade, pela sua capacidade empreendedora e pelo seu apego à Liberdade.
E eu, que vivi e nasci no Porto, que residi e trabalhei 3 anos em Lisboa, pude constatar uma grande diferença. Sou suspeito, eu sei. Mas não gosto de mistificações. Podia apresentar exemplos, mas não vale a pena. A verdade, é que, hoje, as coisas estão a mudar, e repito, o centralismo não é alheio a essa mudança.