08 abril, 2016

O mais importante ficou por dizer

Como diz o povo, vale mais tarde do que nunca. O ditado até podia aplicar-se a Pinto da Costa se pelo caminho não tivesse precisado de 3 anos para perceber que algo estava mal no FCPorto. Podia aplicar-se a Pinto da Costa se não tivesse cometido, talvez o maior erro da sua carreira, que foi achar dispensável a comunicação com os adeptos. E, da entrevista de ontem, foi disso que menos se falou, outra vez...

Não vou negar que gostei daquela parte do balneário e do sermão que pregou aos jogadores em forma de ultimato, porque essa, era uma das suas imagens de marca do tempo em que líderava mesmo. Mas soube-me a pouco, porque dantes, ele prevenia, não reagia (tarde). Há uma diferença abissal entre estas duas formas de acção. Uma sustem os problemas, a outra remedeia-os.

Ouvi atentamente as promessas, mas não fiquei muito impressionado. A designação de um provedor do adepto pode ser uma medida interessante se fôr eficiente. Todos nós sabemos o que valem a maioria das provedorias em Portugal, são meras mediadoras de conflitos, não os resolvem. A questão é esta: que planos concretos propõe Pinto da Costa para o que tenciona fazer no futuro?

Reparem. O problema da comunicação, que é consensualmente reconhecido por todos os portistas, foi praticamente ignorado na entrevista. No entanto, tecnicamente, o problema estava ali mesmo, nos estúdios do Porto Canal, e pessoalmente também, com o Júlio Magalhães ao lado... O problema das arbitragens também não foi abordado de forma directa. Como vem sendo habitual Pinto da Costa preferiu contornar a questão enviando recados à Federação com umas alfinetadas indirectas a Fernando Gomes, seu antigo colaborador. Com estas reacções podem bem os nossos adversários, não será por isso que vão ser mais honestos e criteriosos a nomear os árbitros para os nossos jogos. Enfim, não duvido que algo irá mudar na próxima época, mas ainda duvido que o essencial seja resolvido.

Pinto da Costa, mais uma vez afirmou não gostar de blogues. Foi infeliz, e mostrou que ainda não se adaptou aos novos tempos. Aliás, pior e mais impessoal que os blogues, são os facebooks, onde até a sua mulher achou por bem entrar em sua defesa. Como é então que Pinto da Costa toma conhecimento do que pensam os adeptos? Será pelo telefone? Por carta? Se teve humildade em reconhecer que errou, não mostrou nenhuma em relação aos portistas. Ele mente, ele sabe bem que os blogues existem e que muito embora não tenham o poder de uma televisão fazem proporcionalmente bem mais pelo FCPorto e por ele próprio que o Porto Canal.

Por isso, não vou dizer que fiquei convencido. Repito: podem ir buscar a equipa do Barcelona com o Messi incluído, que se não tiverem um projecto arrojado para lutar contra a discriminação da capital, os árbitros vão continuar a fazer as coisas pelo outro lado, nem que para isso tenham de ser eles a fazer os golos na nossa baliza.

Escrevam isto, e gravem. Cá estarei para me redimir do "pessimismo"  se tudo voltar a ser o que foi , mantendo-nos caladinhos, e bons meninos.

PS-O melhor do programa de ontem foi o debate com Manuel Serrão, Cristina Azevedo e o José M. Ribeiro. Pela primeira vez no Porto Canal  vi um debate a sério e sem medos... Se funcionasse como incentivo as coisas podiam compor-se...

6 comentários:

Anónimo disse...

Como não tenho MEO fui ouvir o presidente falar a casa de um vizinho. Fiquei surpreendido quando Pinto da Costa na derrota com o Tondela, quando ele foi contestado pelos adeptos e sócios, afirmou que se sentiu também como um adepto para alem de presidente, acho estranho que noutras situações idênticas não se sentisse tão adepto como desta vez, só que desta vez os sócios viraram-se mesmo para ele! Vejam se ele não veio falar ao Porto Canal.

Para mim tudo o que presidente disse ontem no Porto Canal, foi um copo meio cheio, uma mão cheia de quase nada. Vai ficar tudo na mesma com mesma gente. Falou das arbitragens? não; falou que desta vez vai estar mais atento e se ele não falar alguém fala por ele? não. Falou como de uma campanha eleitoral se tratasse. Vai fazer isto e aquilo para a formação, desta vez não falou nos elevadores do estádio, enfim a mim não me surpreendeu.

Agora, quanto aos patardos acho estranho, que aqueles palhaços vermelhos do Lixo da Manhã estivessem lá bem cedinho. Essa praga que difama tudo e todos e agora se virou para o FCP, e que nunca falaram do presidente deles que é um padrinho Lampião tipo Seciliano que domina o desporto em Portugal, essa praga é gente não grata ao reino do Dragão, vamos-lhes fazer sempre que possível a vida negra.

Abílio Costa.

Rui Valente disse...

Abílio,

ponha-se a pau porque ainda o censuram por comentar aqui. Eu agora devo estar a ser incómodo.
É extraordinário como Pinto da Costa consegue dar a volta a alguns adeptos. Lá de acção psicológica percebe ele, e pelo FCPorto quase tudo se consegue. Pena é que alguns que andam para aí a disputar entre si o portismo, como se fossem especialistas em paixões, pouco mais conseguindo com isso do que dividirem-se, não se tenham juntado à petição que lancei para incomodar os gajos da RTP quando perseguiam o Pinto da Costa.

Para isso não se chegaram eles à frente. Andam convencidos que tudo vai voltar à normalidade, mas tudo não vai passar de maquilhagem. O plantel e o treinador são importantes, e até podem mudar para melhor, mas para um clube como o FCPorto já todos deviam saber que é preciso muito mais.

Ver adeptos a concordar que não temos razão de queixa das arbitragens é um acto de supremo masoquismo...ou cegueira.

marujo88 disse...

Mais uma vez estou de acordo com o que escreveu, eu penso que pouco vai mudar, e para o ano vamos continuar na mesma, só espero ter que vir dar a mão à palmatória e reconhecer que estava errado, era bom para todos nós.
Abraço
Manuel da Silva Moutinho

Anónimo disse...

O presidente Pinto da Costa tem a certeza que vai dar a volta à situação, já falou com os jogadores, não tem a certeza se este treinador fica, mas é com ele que está preparar a próxima época, se não sabe se ele fica, é complicado se vier outro treinador e voltamos outra vez ao mesmo! Bom é quase certo que ele não fica. Não há problema se ficar ou não para Peseiro, pois ele também quer ganhar a taça para seu próprio Currículo, não vale a pena esconder nada.

Falou dos agentes a quem se tem que pagar as comissões de 5 ou 10% se não, não há jogadores para ninguém, mas, não disse nada se os directores da SAD de quem tanto se fala, têm ou não luvas ou comissões, pois, estes os mesmos ficam lá todos na SAD, podia ter tido aproveitado a oportunidade para esclarecer.

Faltou muita coisa ao presidente para esclarecer, mas para ele a partir de agora, não vai puder falhar em nada, pelo menos nos resultados desportivos, porque vai ter sempre à perna os descontentes os desprezados dos sócios que neste momento são agnósticos ou seja vão aguardar como Stº Tomé ver para crer.

Costa do Castelo.










Anónimo disse...


http://www.jn.pt/opiniao/cristina-azevedo/interior/o-meu-amigo-brasileiro-5114209.html
O meu amigo brasileiro...

Isto aplica se ao Presidente PC???

Anónimo disse...

Costa do Castelo:

Treinador fica se ganhar a Final da Taça o que não vai ser nada fácil dado o ambiente e o fraco rendimento.