14 setembro, 2016

Links de interesse

Governo falha acordo e Câmara pede 20 milhões à Banca
Rui Gomes da Silva alvo de processo disciplinar



Sobre a primeira notícia ocorre-me apenas dizer que não queria ser Presidente de Câmara em Portugal, por nada deste mundo. 

Quem ainda não percebeu que o centralismo é a causa principal pelas situações discriminatórias com o resto do país, não perceberá nunca. Não se deve contudo falar de centralismo de uma forma abstracta, porque ele tem gente a orientá-lo, facilmente identificável. Teve no passado, e tem no presente: foram todos os 1ºs Ministros deste país colonialista.  

Como criticar Rui Moreira por projectar um pedido de financiamento quando o(s) governo(s), este e o anterior, não assumem os seus compromissos com as autarquias? Como podem os autarcas avançar com as obras?

Razão tinha o falecido presidente da Câmara da Maia, Vieira de Carvalho, quando dizia que se estivesse à espera dos governantes para avançar com as obras, a Maia ainda estava na idade média. E se a Maia progrediu deve-se a ele, não aos governantes. Portanto, não são as autarquias as principais responsáveis pelo atraso do país, e sim os governos centralistas.


»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««


Quanto à notícia dessa peçonha nominada Rui Gomes da Silva, símbolo do que de pior tem a classe política, quero ver para crer, que é como quem diz, vou esperar sentadíssimo até ao silêncio habitual, vulgo, prescrição. Como tal, cheira-me a esturro... Há aqui gato escondido, e só lhe veremos o rabinho daqui a uns tempos. Aguardemos.

  

Sem comentários: