21 outubro, 2016

Pinto da Costa não pode ter amigos, porque se os tivesse...

Resultado de imagem para Pinto da Costa
Pinto da Costa

.

... já alguém o teria aconselhado a consultar a blogosfera portista para ter uma ideia do que eles pensam do seu actual comportamento, do mal que lhes está a fazer e da grande decepção que lhes está a causar. Não é por ter muita gente à sua volta a bajulá-lo, dentro e fora do clube, que Pinto da Costa terá garantidas as amizades... Pode até acontecer que esses mesmos "amigos" venham a ser os primeiros a apunhalá-lo quando perceberem que, afinal, foi ele quem bateu no fundo e que já não lhes pode ser útil. 

Sucede que Pinto da Costa não quer saber dos adeptos para nada, porque se quisesse não teria este comportamento, e os seus "amigos", se fossem realmente amigos e respeitassem o FCPorto (que são os adeptos) já lhe teriam transmitido o ambiente depressivo que se instalou nos portistas e convencido a ter uma relação mais séria com eles.  Sucede também que os "amigos" que estão dentro da estrutura directiva já demonstraram estar mais interessados em manter os lugares e os dividendos daí resultantes, do que em zelar pelo futuro do clube. Os adeptos estão entregues a si próprios.

Pela minha parte, Pinto da Costa, aquele homem que durante tantos anos nos fez sentir orgulhosos da nossa condição de portistas, já não existe. Não morreu fisicamente, mas partiu para uma outra realidade que nada tem a ver com o Porto vencedor, com a sua gentes, com o seu carácter. Este Pinto da Costa, é um homem fraco, vencido, incoerente, quase um troca-tintas, mas ainda profundamente arrogante. Decididamente, não gosto deste Pinto da Costa, não me diz nada agora.  

Não sou sócio actualmente, por isso não posso usufruir dos respectivos direitos. Mas se fosse, faria tudo para convocar uma reunião de esclarecimento sobre as ocorrências lamentáveis dos últimos 3 anos. Exigiria respostas SÉRIAS na hora, e se porventura fosse desconsiderado, rasgaria na cara do Presidente o meu cartão de sócio. Voltaria, só quando o FCPorto tivesse elegido um novo presidente. Este, só nos sabe colocar no ridículo.

1 comentário:

Anónimo disse...

Este presidente como diz e bem não morreu fisicamente mas como responsável de um grande clube como o FCP simplesmente não existe. Os seus amigos que por lá gravitam precisam dele para tirar dividendos e por isso o apoiam.
Este senhor sempre pensou a partir de certo momento que é o dono do FCP, e por isso esta-se a borrifar para com os sócios. Para já vai contando com o apoio da maioria dos super/dragões e sente-se um pouco seguro.
Ele como todos os presidentes lê os jornais os Blogues os face books, mas convêm dizer que não, que é para ignorar a realidade da maioria dos sócios que estão cheios dele.

Abílio Costa.