09 junho, 2017

O que devemos esperar das denúncias dos emails vermelhos

Resultado de imagem para Justiça
Todos os episódios que pudemos observar ao longo dos últimos 4 anos de verdadeiros assaltos à mão armada  executados pelos árbitros contra o FCPorto, e o respectivo lucro a favor do Benfica, tinham fatalmente de ter uma explicação. Esse momento chegou. Primeiro sorrateiramente, na forma de vauchers, e depois de modo petulante compilado em cartilha e agora corrobado pela troca de emails entre um ex-árbitro e o director da Benfica TV. Nada que não suspeitássemos.

Desde que o FCPorto decidiu denunciar publicamente estas, e outras vergonhas, através do Porto Canal, fui de opinião que não devíamos ficar por ali e entregar discretamente estes casos às autoridades civis, alegando a perda de confiança nos órgãos deportivos que tutelam a justiça. Basta identificar o dirigente do Conselho de Disciplina da Federação, o benfiquista José Meirim, para podermos ter uma ideia do rumo que vai dar a estas coisas... Aliás, até agora tem estado calado que nem um rato, e não devia.

Os outros departamentos, alinham pelo mesmo diapasão. Só Fernando Gomes é portista, mas esse, foi lá colocado para compor o ramalhete desde que não levantasse ondas (é um Durão Barroso do futebol). Deve ser o único portista, e os benfiquistas estão-lhe gratos pela forma pacata e indiferente como tem lidado com o chamado colinho. Isto, resolvia-se facilmente. Vedava-se o acesso a estes cargos a quem tivesse simpatias clubistas. Podem crer que não era impossível, porque ainda há muita gente que não gosta de futebol.  

Uma vez que a opção do FCPorto foi outra, veremos no que isto vai dar. De todo o modo, os elementos da denúncia são demasiado consistentes para serem forjados. Nem estou a ver o Francisco J. Marques a meter-se numa embrulhada dessas se não tivesse dados muito fortes nem a certeza da garantia das fontes. 

Agora, nós já sabemos como aquela gentinha funciona. São "bons" na arte de negar as evidências, de difamar e mentir. Vão usar os seus cães de fila da comunicação social, para continuar a manobrar as massas. Vão fazer tudo para inverter a situação, para fazer do FCPorto o mau da fita, enfim todo aquele jogo sujo repugnante a que nos habituaram (salvo-seja!). Isto, em si mesmo devia ser considerado pela justiça, o problema é saber como ela irá reagir perante factos tão evidentes. Comparados com o Apito Dourado, são tsunamis !

Mesmo assim, o FCPorto pode estar a prestar um serviço precioso ao país e particularmente aos outros clubes. Este trabalho devia competir à Polícia Judiciária, que não fica nada bem na fotografia se estas provas forem (como creio que são) credíveis. Os políticos, empresários, banqueiros, agentes de investigação, o Ministério Público e o próprio Governo, vão esgotar o cinismo todo se tentarem encobrir esta lixeira a céu aberto instalada no futebol. 

Os portistas receiam, e com razão, que tudo isto venha a ser abafado, mas isso só acontecerá se o FCPorto baixar a guarda. Isto não pode ser encarado com ligeireza. Não devemos permitir - porque isso vai de certeza acontecer - que façam de nós parvos, alegando que as denúncias se devem à perda do campeonato. Todos nós portistas sabemos separar as águas. Todos reconhecemos que não jogamos bem, que o treinador falhou e que o presidente já anda a falhar há 4 anos. Mas uma coisa não anula a outra. Isso é o que eles querem. Mas, sinceramente, eu não quero mesmo acreditar que Pinto da Costa se negue a defender o clube no contra-ataque feroz e fanático que nos espera. O que se está a passar não é só grave para o futebol, é igualmente grave para Portugal.

Faites vous jeux messieurs les magistrats!  

9 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Soren disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rui Valente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felisberto Costa disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rui Valente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
aires disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.