29 dezembro, 2008

O Bastonário sem medo

Clicar sobre a imagem para ampliar

Qualquer pessoa minimamente atenta sabe que este Bastonário fala limpo, que é ele, mais do que qualquer outro, antes dele (e provavelmente, depois dele), quem está a descobrir a careca a um sistema de conluíos e de interesses obscuros, até aqui muito cinicamente disfarçados por "homens de lei" que se habituaram a confundir o prestígio com a conquista de fortunas fáceis.
Não, não é ele, decerto, o populista. São os seus adversários. Melhor dizendo: os seus inimigos mortais. Cuidado, Marinho!

Sem comentários: