19 fevereiro, 2010

Cano de esgôto é sinónimo de Portugal

Portugal é um esgôto a céu aberto. Políticos, juristas, magistrados e jornalistas estão no epicentro deste terramoto de lixo socio-económico, sendo os principais responsáveis pelo previsível aumento da injustiça social, da  pobreza e do consequente progresso da criminalidade dos próximos tempos.

Pessoalmente, atingi o patamar máximo da minha tolerância. Não há mais gente decente com respeito pelos valores éticos. A que há, está em vias de extinção. Proliferam, isso sim,  interesseiros e interesseiras facilmente vendáveis.  É a pornografia social na sua expressão mais cínica.

Percebe-se assim, a dificuldade que alguns têm em lidar com questões de carácter e a irresistível necessidade de as contornarem.. 

Hoje, só me ocorre reafirmar isto. Estou enojado.

Assim mesmo, passem um bom fim de semana. 


9 comentários:

dragao vila pouca disse...

Hulk 4 meses, Sapunaru 6 meses e ainda temos de agradecer à C.Disciplinar ao Pavão Vermelho a benevolência. A pouca vergonha não tem limites e Portugal cheira muito mal...

Um abraço

neli araujo disse...

Caro Rui,

Já vi que o amigo anda aborrecido com os acontecimentos daí...

Desejo um final de semana mais suave e com menos decepções!

Recebe nosso carinho deste outro lado do mar!

Um abraço amigo,

neli

Rui Valente disse...

Vejamos como vai reagir o FCPorto. Cá para mim, a estratégia do silêncio está a ser exageradamente esticada e isso não me parece bom.

Um abraço

Rui Valente disse...

Cara Neli,

como português, não me revejo no que se está a passar hoje neste país.
Antes, era a Ditadura, agora, passados 36 de democracia, pouco ou nada evoluímos. Os nossos políticos estragaram a Democracia, servem-se dela como trampolim para os seus interesses pessoais e é tudo. Os outros, os da oposição, estão apenas à espera que este governo caia para fazerem o mesmo ou pior do que estes. São uns trafulhas.
Este, não é o Portugal que deu novos mundos ao Mundo. Não pode ser.

Um bom fim de semana também para si, cara amiga.

Um abraço

Anónimo disse...

Quais são as consequências desportivas e juridicas,da não ida à Final da Taça da Liga ???

Aquela "gente" da Liga não merece a nossa presença e a Final è contra os "Reis dos Túneis" ......

Carvalho Guimarães disse...

Realmente Cano de esgoto é uma expressão que dá vontade de usar.Mas vistas bem as coisas não se aplica bem a este "Nosso?" País, pois o cano tem uma função importante que é levar a merda para o sítio certo, ao passo que Portugal esse está completamente na "MERDA"
Bom fim de semana

condor disse...

De facto,o portugues devia passar por um filtro bem apertado!Porra,nunca pensei que este povo degenerasse tanto!É insuportavelmente vergonhoso o que aqui se passa hoje em dia!Ou será que fomos sempre assim e eu nunca reparei?

Anónimo disse...

sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
Os lugares na Liga...

Em 2003, a propósito da contratação de Jankauskas pelo FC Porto, Luís Filipe Vieira afirmou que não estava preocupado, porque "são mais importantes os lugares na Liga do que contratar bons jogadores".
O tempo veio provar que o presidente do SLB sabia perfeitamente o que estava a dizer. De facto, tal como Cunha Leal foi um importantíssimo player enquanto esteve na Liga (quem não se lembra do Estorilgate?), o filho do benfiquista de Canelas (*) não lhe fica atrás e, depois do apito final, a forma como geriu os casos dos túneis fazem dele um forte candidato a águia de ouro (será uma distinção mais do que justa, pelos bons serviços prestados...).

Entretanto, a FC Porto – Futebol, SAD já reagiu num comunicado publicado no site oficial.

(*) O pai de Ricardo Costa era conhecido pela sua fortíssima ligação afectiva ao SLB, a qual é partilhada pelo filho

in Reflexão Portista

Anónimo disse...

Pois não há gente decente com respeito pelos valores éticos!!!
Há criminosos de colarinho branco.
Há políticos corruptos e incompetentes.Há jornalistas de pasquim tipo lambe-botas.Há juízes
polítizados a fazer a injustiça e
depois ainda temos que levar com os
criminosos de delitos comum, que proliferam por aí, nesta anarquia.


O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO