23 março, 2011

Um Ministro miserável, sectário e profundamente incompetente


Nem a licenciatura em direito, o mestrado em Ciências Jurídicas e o cargo de Ministro da Administração Interna, fazem currículo suficientemente habilitado para transformar um incompetente num sábio. Marrar, até se conseguir os  canudos, pode ser uma atitude louvável, mas não é concerteza uma garantia de saber. Estou a falar de Rui Pereira, como já terão percebido. Este homem, à imagem do seu chefe José Sócrates, não faz a menor ideia do que é o sentido de Estado.

É por permitirmos que gente desqualificada como este homem aceda ao Poder, que Portugal não passa da cepa torta. E o que é mais grave, é que não é o único irresponsável. São todos! Incluindo o nosso povo, que mesmo depois de passar por consecutivas provações de ingovernabilidade, continua a presentear estes garotos com o votozinho da praxe. E eles, claro, agradecem. 

Devo dizer, a propósito das suas patéticas declarações [serei implacável!] àcerca do apedrejamento da viatura do Presidente do Benfica, que soam a falso, que são sectárias e completamente desajustadas. Primeiro, porque o primeiro responsável, é ele próprio, por, até hoje, não ter sido capaz de tomar uma única decisão, dito uma palavra, no sentido de refrear outras "violências" que há muito se instalaram no futebol português.

Parte substancial dessas outras violências, começou quando concedeu que alguns comentadores do seu clube ultrapassassem o limite do razoável com acusações infundadas ao FCPorto em programas desportivos, sem ter qualquer intervenção pedagógica. Permitiu que a imprensa e a a televisão, tanto pública como privada, continuassem a desenvolver um trabalho deliberado de anti-portismo, confundindo o direito à liberdade de opinião, com o direito à libertinagem, o que atesta do seu baixíssimo nível, mesmo enquanto cidadão. Não teve uma palavra de repúdio quando a viatura de Pinto da Costa sofreu o mesmo tipo de ataque, deixando revelar uma dualidade de critèrios inconcebível para alguém com as suas responsabilidades.

Mas, para quê falar mais deste pobre coitado se ele não passa de uma árvore doente numa floresta com um governo há muito moribundo? Pois, que morram hoje mesmo! A árvore e a floresta.

E siga para Bingo! 

4 comentários:

condor disse...

No próximo benfica FC Porto lá estará o senhor ministro alapado no camarote vip do seu muito querido estádio!
Só desejo é que Falcao, Hulk e companhia lhe mandem duas ou tres pedradas!
Eu disse pedradas?Ai,desculpem!eu queria dizer duas ou tres bolas!

victor sousa disse...

infelizmente, esta atitude sectária é típica de uma certa parte da comunidade, com gente tida por jornalista que dá um tratamento vergonhoso a estas situações, que só podem ter um fim.
Ainda hoje me senti enojado, ao ver um pretenso programa de notícias televisivas, duma sociedade que se diz de independente.
gente desta é a vergonha de um país, e conduzem-nos ao fundo mais fundo.

Anónimo disse...

Houve outros ministros, que por muito menos da merda que este faz
saíram A.I, ex: Dr Fernando Gomes.

Este ministro Vermelho incompetente
vai saír juntamente com o seu chefe Sócrates pela porta pequena.

Abaixo os Incompetentes deste país.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO

dragao vila pouca disse...

Regressa Fernando Gomes que estás perdoado.

A opinião publicada, que arrasou Fernando Gomes, é a mesma que não diz nada sobre as atitudes e comportamentos deste senhor.

Um abraço