09 agosto, 2015

Ah! Parece que temos outra vez Presidente. Será para valer?

Pinto da Costa

Retomo o trabalho no Renovar o Porto apresentando aos leitores e amigos os melhores cumprimentos, esperando que tenham passado umas boas férias, e desejando aos que ainda não as gozaram que as aproveitem da melhor maneira possível (que se lixe a austeridade).

Para começar, nada melhor que falar do FCPorto, que esta tarde mesmo se apresentou aos adeptos no magnífico estádio do Dragão repleto de gente.

Numa primeira análise, parece-me que vamos ter um conjunto de jogadores suficientemente bons para formar uma grande equipa, embora me pareça persistir ainda alguma falta de profundidade atacante no último terço do campo, principalmente no aspecto da concretização. Quer Aboubakar, quer Dani Osvaldo raramente foram bem servidos pelos extremos para poderem chutar à baliza nas melhores condições, não sendo por isso de espantar a falta de golos. 

Ainda é cedo, é verdade, mas de hoje a oito, já é a sério, e as ocasiões de golo têm de ser muito mais frequentes para podermos amealhar os três primeiros pontos do campeonato. O sector defensivo pareceu-me consistente, os médios versáteis e talentosos, embora algo presos a desmarcarem-se e com os movimentos ainda mal definidos. Temos uma semana para afinar a máquina, uma semana para desligar de vez o complicómetro para chutar à baliza e para ensinar os rapazes que a melhor maneira para o conseguir quando a bola teima em não entrar, é atacar, atacar, atacar, e... rematar. A posse da bola pela posse da bola, porque sim, não chega para fazer golos. Continuo a achar que a equipa ainda sente algum desconforto quando pressionada e parece-me que continuamos a pressionar com pouca consistência, apesar da tal posse de bola...

Vamos confiar que no próximo sábado tudo isto não passe de recordações próprias de princípio de temporada, que o Guimarães saia do Dragão sem causar qualquer tipo de problemas e que os árbitros comecem a ganhar vergonha na cara, que é coisa que parecem ter perdido. Por incrível que pareça, os cartões amarelos mostrados exclusivamente a dois jogadores do FCPorto num jogo amigável, podem indiciar a manutenção do colinho com os clubes da capital, e a continuidade da discriminação para com o nosso clube.

Finalmente, e por falar em vergonha e de árbitros, fiquei contente por observar que finalmente Pinto da Costa já percebeu que o Jornal de Notícias  já não é fiável... Finalmente reconheceu que é um jornal pouco interessado no Norte e ainda menos no FCPorto. Modéstia à parte, senhor Pinto da Costa, eu já tinha chegado a essa conclusão praticamente desde que a actual Direcção/Administração do JN tomou posse, sendo a primeira causa do meu divórcio enquanto leitor assíduo desde uns anos a esta parte. 

Hoje, no Porto Canal, Pinto da Costa foi admitindo que agora o JN anda pouco interessado em focar o que de positivo se passa no FCPorto e mostra-se mais propício a explorar tudo o que possa afectar a imagem do clube... Talvez seja o momento, caro Presidente, de pedir para riscarem o seu nome do Conselho Editorial do jornal para que pelo menos as pessoas percebam a coerência das suas declarações, digo eu.

Mas, seja como fôr, é bom tê-lo de volta, caro Presidente. É bom que continue atento ao que se passa também fora das 4 linhas, "onde se fazem as coisas pelo outro lado" e se ganham campeonatos.


1 comentário:

Anónimo disse...

Parece-me que o futebol da equipa é o mais do mesmo, o sr treinador agora não vai ter mais oportunidade de falhar, deu-se lhe tudo e mais alguma coisa.
O sr Pinto da Costa já teve a primeira vitoria ao mandar o duque para canto na LPF, mas na arbitragem tem que estar mais atento porque o sr Victor Pereira vai mudar para ficar tudo na mesma.

Abílio Costa.