17 janeiro, 2016

A culpa é do Casillas?

Fim de carreira desastroso e lamentável

Ou, será dos árbitros? Ou, do Corona? Será do Brahimi? Talvez do Aboubakar, não? Deixemo-nos de tretas!

A culpa vai todinha para Pinto da Costa, que contratou um treinador incompetente que tornou o FCPorto irreconhecível na sua categoria, alma e qualidade. Fez do FCPorto o clube mais vulnerável do campeonato nacional a quem todos perderam o respeito.

A culpa é de Pinto da Costa porque não quis reconhecer, em tempo útil, que Lopetegui não era treinador para o Porto, e que, pelo contrário, lhe reforçou a confiança, pouco tempo antes de se ver obrigado a despedí-lo.

A culpa, é sim, de Pinto da Costa, por ter desistido de defender o clube e o próprio treinador quando os árbitros beneficiavam os nossos adversários e prejudicavam ostensivamente o FCPorto. A culpa é toda dele, por não se dignar comunicar com os portistas, sócios e simpatizantes, provando que não os merece. E finalmente, a culpa é também dos sócios que não têm coragem para obrigar Pinto da Costa a dar-lhes as explicações a que eles têm direito, no sítio próprio.

Uma vergonha! Não para o clube, mas para o currículo de Pinto da Costa. No melhor pano cai a nódoa. Pinto da Costa deixou cair a sua. A porta das traseiras é o que o espera se não abrir os olhos.

PS I:


Deixar Rui Barros a cozer em lume brando, é uma injustiça para um jogador que tanto deu ao clube. 

PS II:

Ponto 1 - Não retiro uma vírgula ao que acima comentei.

Ponto 2 - O FCPorto é uma estrutura desportiva eclética, com modalidades distintas.

Ponto 3 - Sendo certo que as modalidades e os escalões de formação júnior mantêm alguma estabilidade com resultados desportivos positivos, é, e sempre foi o futebol sénior, a alavanca motriz do grosso das receitas do clube e a principal fonte de motivação dos adeptos.

Ponto 4 - É indiscutivelmente no  futebol sénior actual que se concentram os maiores problemas e a fonte de descaracterização do FCPorto.

5 comentários:

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Infelizmente assino por baixo.

Anónimo disse...

Isto não é o FCP, lopetegui deixou uma herança à equipa de um futebol miserável. Hoje jogaram mais uma vez à imagem do treinador espanhol, não correm, ninguém sabe o que anda lá a fazer, não há garra, nestes jogadores, a grande maioria metem-me nojo.

Pinto da Costa não está em condições de se recandidatar, pela idade, e pela teimosia, do quero posso e mando. Só espero que não venha com treinadores a prazo porque o FCP não é um clube qualquer.
Vergonha, nojo, é o que me merece neste momento ver o FCP jogar.

Abílio Costa.

Rui Valente disse...

É sintomático o silêncio dos próprios adeptos quando alguém põe o dedo na ferida deste FCPorto...

Preferem enterrar a cabeça na areia a reconhecer que Pinto da Costa é o principal responsável pelas "fraquezas" profundas do plantel (técnicas e psicológicas). É o que dá endeusar-se alguém, em vez de lhe reconhecer a competência quando o merece.

Para mim, não há ídolos, há competências.

Anónimo disse...

"Para mim não há ídolos, há competências" e mais; Quem não servir o Clube e servir-se dele, é um oportunista no reino do Dragão.
Os homens passam e a Instituição fica, muitos têm a porta grande escancarada para sair com historia no Clube na hora certa, mas, a teimosia leva-os muito das vezes a sair pela porta do fundo que é bem estreita. A vida só vale ao homem, por aquilo que o homem vale na vida.

Estamos tristes e com poucas esperanças, hoje qualquer mija na escada nos complica, já não temos certezas, somos mal tratados com o silêncio dos responsáveis.

Costa do Castelo.

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Caro Rui Valente,


Com o devido respeito, a conclusão a que se pode chegar, perante um descalabro que nunca vivi e que já antevi em comentários anteriores, leva-me a concluir que isto já lá não vai a SUK, talvez a SOCO.

Cumprimentos