17 junho, 2017

Tudo gente séria. Limpinhos, limpinhos...


O semanário Expresso revela este sábado uma conversa entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, além de mais emails trocados com o antigo delegado da Liga, Nuno Cabral, com vista a baixar a nota do árbitro Rui Costa.
O jogo em questão é o FC Porto-Benfica de 10 de maio de 2014, último do campeonato 2013/14, em que o Benfica já era campeão e os portistas 3º classificados. Apesar do desafio já não ter efeitos práticos, Nuno Cabral terá enviado um email para o presidente do Benfica e para o assessor jurídico da SAD encarnada com um relatório sobre a prestação de Rui Costa, nomeadamente os erros cometidos pelo árbitro contra o Benfica.
Nuno Cabral não era observador, nem sequer o delegado da Liga desse jogo, refira-se. Segundo o Expresso, Luís Filipe Vieira terá, então, pedido a Paulo Gonçalves para que fizesse o que tinha de fazer para baixar a nota de Rui Costa: "Paulo, devíamos participar deste artista, pois brincou com o Benfica. Temos de dar-lhe cabo da nota".
Meses depois, Nuno Cabral enviou um email a Pedro Guerra, comentador e diretor de conteúdos da Benfica TV, a comunicar que a avaliação de Rui Costa descera de 3,5 para 2,0. "Inicialmente o observador atribuiu-lhe 3,5. Com a nossa reclamação passou para 2,0", terá escrito Nuno Cabral a Pedro Guerra.





3 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.