04 novembro, 2018

Se continuarmos a esperar pela Justiça ela vira-se contra nós

Estes são os melhores e mais honrados jogadores
do Hóquei em Patins
português! 

Sentir-me-ia uma besta se não reconhecesse o que Pinto da Costa fez de positivo pelo FCPorto. Fez muito, e grande parte das vezes bem. À sua maneira, nem sempre ortodoxa,nem consensual, conseguiu o que outros não conseguiram, porque só podia ser assim, sem oscilações.

Impôs-se, desafiou os lacaios do centralismo e fez-lhes frente sempre que foi preciso. Esse período glorioso da sua regência custou-lhe caro. Espiaram-no, engendraram-lhe todo o tipo de armadilhas, conseguiram levá-lo a tribunal com um único fim: acabar com a hegemonia do FCPorto no futebol português. Pelo meio, aconteceram algumas peripécias rocambolescas da sua vida privada que afectaram de certo modo a estabilidade do nosso clube. Não foi tudo perfeito (ninguém o é), mas, contra tudo e contra todos - e o macabro centralismo - venceu.

Tudo isto é verdade. E por ser verdade, sempre o apoiei como adepto. Mas, há sempre um "princípio de Peter" que nos pode manchar o currículo e até a carreira se não percebemos que esse Peter já se apoderou de nós. Foi o que aconteceu a Pinto da Costa. Fisicamente,  ainda está bem vivo. Desfruta de uma excelente memória, mas naturalmente não tem a mesma fibra para se manter no cargo. Ai palavra que fui dizer! Isto não se diz, é uma heresia. Pois, mas tem de ser. Se gostam de Pinto da Costa, eu também já gostei quando ele era o homem que atrás descrevi. Quando colocava os interesses do FCPorto acima de tudo. Foi isso, e apenas isso que me fez seu amigo. Quem é portista é meu amigo. Quem faz bem ao FCPorto ainda é mais. Ora, neste momento Pinto da Costa não é o mesmo amigo. Já não pensa tanto no clube como pensava, e o clube tem de continuar, não pode ser esquecido.

Nos últimos tempos têm acontecido coisas ao nosso clube que não podiam acontecer. Nós portistas temos concentrado a nossa atenção no futebol e isso tem-nos levado a esquecer as modalidades. Sobre o futebol sénior já sabemos as grandes golpadas que o gangue Benfica tem inflingido no futebol português, mas o FCPorto tem também  o Andebol, o Hóquei em Patins e o Basquete (e outras).

Sobre essas actividades desportivas também têm acontecido enormes falcatruas, acompanhadas de roubos de igreja.  Sim, roubos, porque muitos são acompanhados de violência, e pouco temos feito para acabar com estas afrontas. Afrontas e prejuízos! Além disto, há adeptos portistas que têm sido cobardemente agredidos por benfiquistas, quando o FCPorto se limitou a comentar situações criminosas não a praticá-las.

Não me parece por isso que a Direcção portista esteja a comportar-se à altura do apoio fantástico que os portistas têm dado ao clube. Não pode ser o silêncio a recompensa! Mas, a culpa também é de alguns portistas, que fazem de Pinto da Costa um Deus e lhe permitem tudo, inclusivé esta passividade mórbida que sabe exigir,mas não retribuir. Fazer comemorações e abrir casas do FCPorto é importante, mas neste momento, não é prioritário! O que acontece com os nossos atletas é inaceitável, uma vergonha. Ontem, no Ókey valeu tudo, só faltou abrir a cabeça outra vez a um dos nossos - como já fizeram no passado - e não temos um Porto Canal disposto a abrir um noticiário para divulgar veementemente estes desafios de guerra! O que os vermelhos fizeram é recorrente. Os próprios jogadores quando sentem dificuldades em ultrapassar os nossos lançam-se para o chão simulando faltas e os árbitros marcam-nas. Foi só assim que ontem conseguiram ganhar o jogo, e mesmo assim à rasquinha.

É aqui que não aprecio a passividade da SAD e de Pinto da Costa, porque há anos que andamos a perder campeonatos nas modalidades e no futebol. É preciso ter coragem de nos impormos. Esta postura passiva, só leva os infractores ao abuso. Não lhes cortam as rédeas, fazem pior. Por mim, chega! Estamos a ter um comportamento próprio dos cobardes, e isso não é a marca do FCPorto, nem era a de Pinto da Costa! É revoltante o que se está a passar! São eles os marginais, não somos nós. E como a justiça não existe, então optemos por uma estratégia mais agressiva, porque assim não há justiça que nos valha.

Estamos em Portugal, hoje mais que nunca, um país de falsários! Não nos deixemos enganar. Felizmente não somos todos assim, mas são sobretudo muitos dos que dominam o poder (político e económico), e isso é que é grave. A mim não me infundem qualquer respeito. Nenhum mesmo.

16 comentários:

Francisco Paulos disse...

É isso mesmo Rui,concordo a 100% com o que diz. O silêncio da Sad e em especial do presidente devia a todos nós portistas envergonhar, mas a maioria assobia para o lado. O tempo de Pinto da Costa acabou à muito e só aqueles que estão toldados pelo que ele FOI é que não conseguem ver isso. É inadmissível não reagirmos de forma oficial. O Porto Canal que podia ser uma arma poderosa na nossa defesa não passa de um antro de acomodados e incompetentes. O clube definha a todos os níveis, basta ver o que se passa nas modalidades ditas amadoras, mas pelos vistos isso não incomoda muito aqueles que deviam defende-las, esquecendo-se que o prestígio do clube passa também por elas. Se perante o que se passou ontem no hóquei ninguém com responsabilizades vier a público pedir responsabilidades à FPP, será a prova provada que o FCPorto está à deriva. Pinto da Costa deve sair e não se recandidatar pois se o fizer só mostra que atualmente pensa mais nele que no clube. Tem-lhe valido o futebol pois mesmo com uma fraca equipa, e dado o nosso campeonato ser de uma mediocridade sem par,a coisa lá vai indo. É hora de mudança.

Anónimo disse...

Não temos um presidente presente para estas situações porque já não tem força de reagir olhando à idade, e o restantes administradores estão próximos da sua faixa etária.
Já ninguém nos respeita porque deixamos andar o barco à deriva sem grandes manifestos. Ontem no reino dos Abutres, lampiões, do Polvo pela batuta de uma pirataria de árbitros lambe cus do Siciliano vermelho, espoliaram-os, roubaram-nos, fomos desrespeitados nos jogos de Hóquei e Basquetebol. Hoje um outro gang de piratas na equipa B contra o Leixões voltaram a roubar-nos de duas grandes penalidades e já no jogo anterior em Famalicão outra trupe de insurrectos do apito tinham também nos prejudicado.
Com esta acalmia de deixar andar, não vamos a lado nenhum.

abílio costa.

Rui Valente disse...

Se prestaram atenção, no jogo de ontem de Hóquei, os adeptos vermelhos quase comiam os nossos jogadores. Com comportamentos daquele tipo quem pode praticar desporto?

Se estivesse no lugar do presidente PC começava por enviar uma carta com AR à Federação de Hóquei e ao 1º. Ministro com conhecimento ao PR pô-los ao corrente do que passou e a perguntar-lhes se consideravam legal e civilizado o procedimento selvagem dos adeptos benfiquistas e da arbitragem para saber se podíamos fazer o mesmo tipo de recepção aos vermelhos quando viessem ao Porto...

Anónimo disse...

Espero que alguém do FCP reaja e faça queixa daquilo que aconteceu no jogo de hóquei em patins que foi uma autentica vergonha, já para não falar o que também aconteceu no basquetebol. Se ninguém do FCP fizer queixa destes Abutres bárbaros, então pactuamos com eles, coisa que não pode acontecer jamais...

Um abraço.

Anónimo disse...

"Primeiro, informe-se dos factos; depois, pode distorcê-los quanto quiser"
Twain, Mark

Anónimo disse...

Sr Rui, pouco pudemos esperar do presidente PC neste momento na comunicação do clube reagindo ao que quer seja, estamos perante uma múmia que só vai dizendo alguma coisa quando ganha.
Agora para mais uma possível recandidatura o presidente anda aí com uma tanga de um projecto de construção de um centro de estágio em S. M. Infesta.
Valha-nos Deus.

Rui Valente disse...

Sr. Anónimo das 02:24, do dia 05/11/18

Gostava de responder ao seu comentário, mas tenho capacidade para isso. É que, não faço a mínima ideia a que factos e distorções se refere. Não faz nada o meu género distorcer, por isso, podia ajudar-me a compreendê-lo se me indicasse os factos. Só receio que não lhe seja possível fazê-lo de forma séria enquanto não se identificar. Eu chamo-me Rui Valente. Se quiser, também posso acrescentar o que resta do nome de família, é só dizer. Quanto ao seu nome, não creio que Twain, Mark seja português metropolitano...

É tão cómodo pregar a moral aos outros atrás do anonimato. Tão vulgar.

Anónimo disse...

MarK ou Melga.
Já agora estou curioso para ver o filme ou ouvir a história do Melga. Será que ele sabe alguma coisa que ninguém viu, ou é só para confundir, cheira a gato escondido com o rabo de fora. Pela pinta já lhe vi a cor.

abílio costa.

Deacon Blue disse...

Viva Rui,

Nao vi imagens do que se passou no hóquei em patins em carnide, mas, pelo que li, o banco esteve submetido a um tipo de pressao ja habitual naquele circo, só tinham de fazer uma coisa os nossos que era virem todos para o meio do ring em forma de protesto alegando falta de condiçoes e criar uma espècie de estado de sitio e um acontecimento para dar que falar, por merda na ventoinha.

É fundamental que nos jogos com esta cáfila estejamos preparados para uma especie de guerra porca.
Uma das razoes porque agora nao temos este tipo de atitude tem que ver com o facto dos nossos jogadores muitas vezes nao serem da casa, nao sentem a camisola, nao fazem puta ideia da qualidade da corja que esta do outro lado....

Mas, no jogo ca, nós adeptos devemos fazer o que falta pois claro! Quem nao se sente....

Eu, por exemplo, hoquei, basket e andebol, estarei atento e vou fazer os possiveis para estar presente, tenho ganas de mandar uns recados á boa maneira do Porto!
Sobretudo nos jogos mais quentinhos, como eu gosto....

Desculpe alguns excessos de linguagem.

Abraço
Deacon Blue

Rui Valente disse...

Errata: à resposta que dei ao anónimo do dia 05/11/18, e das 02:25:

onde se lê:

tenho capacidade para isso, deve ler-se:

não tenho capacidade para isso.

Anónimo disse...

Em resposta ao Abilio
Se não queres passar por cínico não digas que
amas o Porto, se odiares o Futebol Clube do Porto .

Melga

Rui Valente disse...

Anónimo Melga (o seu padrinho de baptismo tem bom gosto)

Não sou advogado de defesa de ninguém, mas parece-me que não faz nenhum sentido citar essa frase, porque não é por se dizer aquilo que se pensa que se odeia o FCPorto. Também você deve
confundir a árvore com a floresta.

Guilherme de Sousa Olaio disse...

CARO RUI VALENTE,

É notável a quantidade de comentaristas (eu incluído, pelos vistos) que reagem às postagens relacionadas com o vigor(ou falta dele) e a ausência dum maior intervencionismo de JORGE NUNO DE LIMA PINTO DA COSTA o Presidente do FCP.

Enquanto isto e pelo que me é permitido constatar, a intervenção miserável de ANTÓNIO OLIVEIRA, ontem, no programa Trio de Ataque, programa donde se afastou o categorizado PORTISTA MIGUEL GUEDES e que todos sabem ser tutelado (o programa) desde há muito, pelo Carlos de Paredes, permite perceber o tipo de tratamento jornalístico que é dado ao nosso Clube por aquela gente.
Pois bem! Decorria 1 hora e 6 minutos desse programa e inicia o substituto ANTÓNIO OLIVEIRA uma discorrência, não sobre os malefícios do Tabaco (Tchekov), mas sobre aquilo a que ele chama de desavenças no futebol. O Oliveira acha que a Operação LEX; o etoupeira; os email`s, etc são desavenças entre dirigentes do futebol. Que anda toda a gente a querer parar o processo, mas não conseguem. Que tudo isto colocado na ventoínha vai sujá-los a todos. Que os responsáveis têm que se entender. Que há cinco clubes que vão organizar uma competição ( da qual faz parte a Juventus) e que tudo isto vai dar cabo do Futebol. Dito isto, o Huguinho volta-se para o João Gobern que percebendo o que se pretendia, felicitou o Oliveira por aquilo que acabou de dizer, congratulando-se por tão sábias palavras.

Sugiro que vejam o Trio de Ataque a partir da 1h e 6 min. do programa e vão de algum jeito perceber como é difícil lutar contra tudo e contra todos. E quando se diz todos, temos tendência a esquecer alguns.

Cumprimentos

Anónimo disse...

O Melga é um filosofo barato, diz o que sabe, mas não sabe o que diz. Ainda ontem num programa do Universo Porto foram apresentadas imagens do ultimo jogo das três modalidades, e para quem Vê com olhos de Ver analisa a pouca vergonha das arbitragens dos respectivos jogos, então o do Hóquei em Patins é de Bradar aos céus.
Para a Melga Vareja nem mais um comentário.

abílio costa.

Anónimo disse...

Comunicado do FCP.
Tudo bem, só não sentem quem não é filho de boa gente, agora, que as medidas drásticas não seja um pretexto para acabar com as modalidades, isso seria um acto de cobardia, há muita maneira de fazer ou mostrar a esses califados das federações das modalidades que estamos atentos e se necessário ir lá ao covil falar com vara.
Parece-me a mim que os chefes das modalidades do FCP e o maior andam muito acomodados. Como a roubalheira a tudo que é FCP já tem barbas estes Srs têm que se mexer e levantar o cu do conforto e ir aos bichos com armas e bagagem, sempre a Bem do FCP
Os corruptos lampionicos são muitos, mas cadeias ainda estão disponiveis para os encarcerar.

abílio costa.

Anónimo disse...

Há 36 anos que Pino da Costa provoca estas crises de bilis aos Abilios.