23 janeiro, 2009

O Porto



















Praça de Santa Teresa
Rua do Conde de Abranches

1 comentário:

Anónimo disse...

Comunicado da F.C. Porto – Basquetebol, SAD

Face a uma sequência de ocorrências pouco abonatórias para a modalidade e que culminaram ontem, com decisões incompreensíveis da equipa de arbitragem presente no Benfica-F.C. Porto Ferpinta, dos quartos-de-final da Taça de Portugal, vem a Administração desta sociedade comunicar o seguinte:

1 – A F.C. Porto – Basquetebol, SAD vai vetar a presença nos seus jogos dos árbitros Pedro Coelho e Carlos Santos, tendo em conta o comportamento de ambos no encontro com o Benfica, para a Taça de Portugal, e do último na partida F.C. Porto Ferpinta- CAB Madeira, a contar para a Liga Portuguesa de Basquetebol;

2 – A F.C. Porto – Basquetebol SAD vai ficar a aguardar, expectante e atentamente, pela posição que o presidente do Conselho de Arbitragem da FPB vai tomar, depois de este ontem, no final do encontro, ter pedido desculpa aos representantes do F.C. Porto e ter reconhecido que, dentro das quatro linhas, os azuis e brancos justificaram a vitória. Será interessante constatar se o Eng.º Rui Valente considerará que foi «um crime» assinalar uma falta a dois segundos do fim ou então, crime ainda maior, fechar os olhos a outra mesmo em cima do apito final;

3 – A F.C. Porto - Basquetebol, SAD não pode deixar de chamar a atenção para aquilo que parece ser uma confusão reinante da FPB no que respeita à organização das competições. Além de a Liga ter permitido que já se tenha realizado o jogo Física–Benfica da última jornada do campeonato, quando ainda estamos a entrar na segunda volta, com evidente prejuízo da verdade desportiva, também o incrível aconteceu antes da Final 8 da Taça de Portugal, quando a equipa do F.C. Porto Ferpinta não pôde treinar de véspera no Pavilhão Municipal Luís Carvalho, no Barreiro, para cumprir a habitual adaptação ao recinto;

4 – A F.C. Porto - Basquetebol, SAD constata que os jogos da Liga Portuguesa de Basquetebol não foram alvo de qualquer transmissão televisiva após a realização do Benfica-Ovarense, jogo que motivou troca de “galhardetes” entre a FPB e o Benfica. Face ao contrato existente entre a FPB e Sporttv para a emissão de jogos da respectiva Liga, o F.C. Porto vai exigir da FPB a divulgação das razões da não transmissão de qualquer encontro, após o que se realizou no Pavilhão da Luz.
Esta situação, naturalmente, acarreta graves prejuízos para a modalidade, impedindo os clubes de dar o devido retorno aos seus sponsors e patrocinadores.

5 – A F.C. Porto – Basquetebol, SAD decidiu ainda não participar no próximo «Dia das Estrelas», enquanto a FPB não garantir um seguro de acidentes pessoais e de trabalho para os seus atletas, registando não ter sido ainda ressarcida dos prejuízos materiais resultantes das lesões que os atletas Paulo Cunha e Nuno Marçal contraíram ao serviço do País. Isto para não falar ainda dos evidentes prejuízos desportivos que a situação acarreta ao F.C. Porto e aos próprios atletas;

6 – Perante os factos atrás descritos, A F.C. Porto – Basquetebol, SAD vai aguardar a posição oficial da Federação Portuguesa de Basquetebol, de modo a definir futuras atitudes e posições.

Porto, 23 de Janeiro de 2009

A Administração da F.C. Porto – Basquetebol, SAD