21 janeiro, 2009

Praça 9 de Abril, mais conhecida por:



JARDIM DE ARCA D'ÁGUA

(Se fosse concebido agora, muito provavelmente, estas árvores não existiam, no seu lugar, estariam arbustos, parecidos com legumes)



2 comentários:

KOSTA DE ALHABAITE disse...

Eu, que "abandonei" o Porto para me radicar em Leça da Palmeira, também comungo desta magnífica observação. Em Leça "que outrora era da Palmeira", por hoje do alcatrão e cimento (aquela marginal é uma vergonha), podemos observar a obra de uns pseudo engenheiros paisagistas. Em Leça, no Porto, em Braga, em Guimarães, um pouco por todo o lado surgem agressões ou omissões ao bom e saudável equilíbrio da natureza com o homem. O cimento tem vencido. Pergunto: até quando vamos pagar a estes bacanos?

Rui Valente disse...

É o resultado do votinho, o votinho nas urnas por si só, não chega.

Nós precisamosde arranjar forma de conhecer muito bem quem queremos para governar o país e as cidades e de arranjar forma de termos rédea curta sobre quem elegemos.

Se não nos servirem a contento, descartam-se, no momento certo. Deixá-los aquecer os lugares sem mostrarem trabalho como têm vindo a fazer, é que não.

Essa sim, será a real democracia.