30 outubro, 2009

2º.episódio da novela: "O sucateiro e os outros"

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1405506 (Fonte JN)

Ainda estou para ver [juro que não estou com os copos!] qual é o primeiro membro da casta elitista que quando é apanhado com a boca na botija se confessa culpado. Todos, mas todos mesmo, estão acima de qualquer suspeita! São eles que o dizem, por isso não há que duvidar.
O senhor ex-secretário de Estado e ex-deputado José Penedos que o diga. Educou com esmero e férrea determinação o seu filho Paulo Penedo [ele também militante do PS] , pagou-lhe a formação académica em Direito, e os resultados estão bem à vista: é o advogado de serviço do suspeito de corrupção [o sucateiro] que por sua vez, entre prémios pecuniários lhe mima o ego com a oferta de pópós de alta cilindrada que tanto o menino aprecia.
Vivam os políticos! Viva a Democracia à sua medida! E viva a Justiça lusa!
ps.- no futuro, passarei a referir-me ao país como Lusitânia, conquanto não me tenha como tal. É que, não sei porquê, causa-me emoções muito perigosas, usar estupidamente o nome da minha terra [ Portucale] como se fosse o nome do meu país.

6 comentários:

Anónimo disse...

Ele é o "Furacão" , o "Sistema de Alarmes" , o "Freeport" , Os "submarinos";"Portucale"; "BPN","BPP" etc,etc....

Anónimo disse...

E não havia um processo da CML e da Epul ???!!!

Anónimo disse...

Não percebo porque não publicou
o meu comentário !!!
Foi por falar no primeiro ministro.
ou haveria algo que não interessava
publicar...

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO

Anónimo disse...

Não percebo porque não publicou
o meu comentário !!!
Foi por falar no primeiro ministro.
ou haveria algo que não interessava
publicar...

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO

Rui Valente disse...

Anónimo,

Lembre-se apenas disto: quando me "obriga" a tratá-lo por anónimo, "obriga-me" a esquecer-me que é uma pessoa, com nome e identidades próprios, o que quer dizer, no seu caso, que a única coisa que o distingue de outros anónimos é a particularidade de terminar os seus comentários com o habitual "O PORTO É GRANDE, VIVA O PORTO!".
Mesmo esta frase pode ser imitada por qualquer outro anónimo e ficamos todos sem saber com quem estamos a comunicar.

Assim mesmo, tenho publicado sempre os s/ comentários e se algum falhou é também porque o senhor publica frequentemente repetidas vezes o mesmo comentário, com pode constatar neste último.

Além disso, não lhe permito que insinue sequer que estou a "proteger" aqui alguém, seja 1º Ministro ou Presidente da República, porque se porventura costuma ler os meus posts eu não sou propriamente do género de proteger tais pessoas, bem pelo contrário. Se mesmo assim, não está satisfeito com a qualidade do serviço, faça o favor: a porta por onde entrou, serve também para sair. Se quiser, claro.

Anónimo disse...

Já sei que você dá a cara.
Gosto de ler os seus posts.
Peço desculpa de algumas das vezes
repetir os comentários,mas não é
por mal.
Já sei que não gosta de anónimos;
mas como estamos em democracia no
minímo respeite.
Quanto a publicar ou não os meus
comentários;está ao seu critério.
Vou ser sempre o mesmo.

O PORTO È GRANDE VIVA O PORTO.