14 maio, 2011

RTP e similares


Que resposta daria a Administração/Direcção da RTP [e também a dos canais generalistas privados de televisão], se alguém lhes dissesse seca e frontalmente que andam há anos a desempenhar um trabalho sujo e d-e-s-o-n-e-s-t-o? Á imagem dos políticos, manteriam a postura do vígarista e  "chutavam para canto", com  um sorriso cínico de indiferença nos lábios, ou faziam teatro e indignavam-se? Que argumentos teriam guardados para justificar o injustificável, ou para nos provar que estávamos enganados? 

A RTP e a sua administração não é de facto séria, nem goza de boas práticas democráticas. Se alguém tiver dúvidas, valerá a pena perder algum tempo para observar as opções informativas a nível desportivo. Isto, já nem sequer é novidade, é mesmo um costume antigo, mas hoje, terminada a última jornada do Campeonato Nacional, a RTP, empresa sustentada com o dinheiro dos contribuintes, incluindo dos portistas, não considerou prioritário marcar presença na Madeira para assistir ao derradeiro jogo do já Campeão Futebol Clube do Porto e proceder à cobertura do evento. Não! Preferiu dedicar o prime-time aos segundos, terceiros e quartos classificados...

É este o protagonismo que acham dever atribuir ao mérito, aos vencedores. Ou seja, os primeiros não são relevantes, são quem eles acham que deve ser. Democrático...

3 comentários:

Zé da Póvoa disse...

O benfiquista de Paredes quando no alinhamento tem que dar uma notícia sobre um triunfo do FCP, fica tão incomodado que parece uma criança a tomar óleo de fígado de bacalhau!

dragao vila pouca disse...

Rui, neste país e cito-o, fala-se mais dos mortos, desportivamente, o clube do regime, que dos vivos, daqueles que têm sucesso, o F.C.Porto, principalmente, mas também o S.C.Braga.

Uma nojeira.

Um abraço

Anónimo disse...

Isto é prova provada, do centralismo neste país dito democrático.
Podiamos dizer muita coisa desta gente!? mas, só vou dizer simplesmente isto: são porcos feios e maus, mais não digo.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.