30 janeiro, 2016

O clube do regime deve andar distraído...

Segundo apurou também o JN, o presumível traficante contava com o apoio de um agente da PSP para tentar escapar à vigilância dos inspetores da Polícia Judiciária (PJ).
O despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Sintra tinha de ser - e foi - proferido até ao dia 23 deste mês, para evitar a libertação de Carriço e de outro arguido, também em prisão preventiva. É que ambos tinham sido detidos a 23 de julho de 2015 e o prazo máximo desta investigação era de seis meses.

O Ministério Público acaba de acusar José Carriço, o indivíduo que era diretor do Benfica quando foi apanhado com nove quilos de cocaína num automóvel do clube, de tráfico de estupefacientes na forma agravada.
Não é possível! Estes gajos são todos uns anjinhos.
A culpa deve ser do Pinto da Costa

4 comentários:

J.Ferreira Lopo disse...

O Zé Carriço teve um bom mestre.

condor disse...

É como diz o outro; se fosse aqui no Porto estavamos todos mortos!

Anónimo disse...

Desde de presidentes vigarista, bêbados, traficante de pó branco, este é o tal clube do Regime o polvo da Máfia, que compra tudo e todos, eles é que são o tal Sistema os protegidos de uma justiça podre.

Costa do Castelo.

Anónimo disse...

Não é á toá que se não me falha a memória estavam varios inpectores da PJ na lista de Vieira nas ultimas eleições para a presidencia do SLB.

Saudaçoes Portista

Paulo Almeida