10 novembro, 2009

Políticos = Vigaristas

Governo não fica refém da regionalização

Ora aqui temos mais um bom motivo para continuarmos [como autênticos carneiros] a acreditar neste regime «democrático». Pergunto-me, um tanto estupfacto, confesso, o que pensarão neste momento os portuenses que foram a votos nas últimas legislativas.

O PS - como o PSD, aliás -, já tinha mentido antes, repetidas vezes. Prometeu uma coisa em campanha eleitoral e, com a naturalidade de quem está habituado a conviver impunemente com a fraude e a viver dela, incumpre logo que recupera o Poder. Meus senhores, quantas mais sacanices estão dispostos a tolerar?
Com vigaristas deste quilate, [este é o nome correcto a dar a esta gente], venham agora convencer-me que o voto em branco não pode ser viciado? Não tenham dúvidas meus senhores,
a abstenção, numa democracia doente e viciada como está a "nossa", é o segundo acto de cidadania mais inteligente e seguro. O primeiro, é descobrir uma fórmula célere e eficaz de encarcerar esta canalhada, e a seguir, arrumar a casa e recheá-la de gente séria para a governar [isto, se ainda houver...]
Concurso da segunda fase do metro volta a ser adiado
Ora toma, Zé Povinho portuense, aqui está a segunda dose [que é a forma gastronómica de dizer traição] !
Agora, não te esqueças de votar outra vez nas próximas eleições, porque estas pessoas que dizem representar-te são lestas a cumprir o que prometem... Vota Zé Povinho, vai lá, vai votar outra vez. Confia, porque como podes ver, vale a pena...
PS-Declaro aqui, publicamente, que não acredito em políticos honestos. São todos iguais. Há apenas uns que representam melhor do que outros.

5 comentários:

Anónimo disse...

Esta gente é igual ou pior que a outra senhora.
Eles querem o poder absoluto para
poder governar a seu belo prazer.

Para eles regionalização é um pecado sacrilégio.

Para esta gente: o mais importante
para o país, resolver o casamento
dos homossexuais.

É ler hoje no jornal de Notícias.
A Metro do Porto, atrasada nos
concursos para as linhas do Campo
Alegre e outras linhas.
Quem este senhor, que o governo meteu a chefiar a Metro do Porto ?
nem sei o nome dele.
É conveniente que não haja dinheiro
para a Metro do Porto porque Lisboa
está a necessitar de muitas obras.

O PORTO É GRANDE VIVA O PORTO.

dragao vila pouca disse...

Ó Rui, você quer em relação a uma coisa quer em relação a outra tem toda a razão, mas é você, somos nós só que temos de reagir?
E então os responsáveis políticos desta região não dizem nada? Não batem o pé e denunciam esta pouca vergonha?

Um abraço

Rui Valente disse...

Caro Vila Pouca,

leu bem o que escrevi? Os políticos da região são iguais aos outros!
É apenas o lugar deles que lhes interessa manter e projectar. É esse o seu único objectivo "político". Não dá para ver?

Depois, há os debates, os jornais, os prós e os contras. O tempo vai passando, e entretanto chegam as doiradas reformas...

Que quer que lhe diga, são eles que se encarregam de o demonstrar.

Um abraço, meu caro

renato disse...

Caro Rui!

Enquanto esta classe politica tiver todas as mordomias actuais, só se preocuparão no seu "bem-estar" e querem lá saber daqueles que votaram neles! Nem sequer se importam se houve ou não abstenção!

O mais importante para eles é seram eleitos para usufruirem de bons rendimentos e chorudas reformas ao fim de poucos anos de actividade recreativa!

Enquanto isto durar, e de acordo com toda esta "mise en scéne" isto está para durar!

Preparemo-nos !!!

Renato

Rui Valente disse...

Pois, mas talvez a coisa mude um pouco de figura se um dia a abstenção superar o número de votantes...