01 julho, 2008

Pedro Abrunhosa-Pontes entre nós

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Se este rapaz juntasse uma boa voz, às belas letras das músicas, era o maior.
Só foi pena ter colaborado na farsa que foi o filme sobre o " livro" da Carolzinha.
Um abraço

meirelesportuense disse...

"Que nunca caiam as pontes entre nós!"...É mesmo disso que precisamos, agora como no passado...Que as pontes que ligam todos os seres humanos, se mantenham abertas.