08 janeiro, 2009

Cristina Santos - "Insistam sempre no mesmo parafuso, um dia ele aperta"

No panorama actual não faz sentido discutir a situação do Porto em particular, se o Bolhão se recupera, se o Parque tem ou não tem construções, se será Elisa Ferreira ou Rui Rio o melhor candidato. Estas questões não alteram em nada a situação económica do Norte, nem o desacordo das PME Nortenhas quanto à política nacional de fundo levada a cabo nos últimos tempos. No máximo essas questões alteram o Executivo, que continuará, seja PS ou PSD, medíocre na sua acção e sempre dependente e limitado pelo centralismo.

Se houver uma réstia de honestidade e senso nem os políticos se candidatam, nem o Norte vai às urnas, enquanto não se falar claro e não se apresentarem medidas concretas e realistas para este país.

Estruture-se uma equipa entre partidos, vocacionada para a Regionalização, e para o derrube imediato destas falsas políticas, que fazem dos portugueses gente sem raciocínio ou memória, que insiste, apesar de tudo o que vê e pressente, em perder tempo a iludir as pessoas com as mais-valias deste ou doutro candidato e, pior que isso, ainda pensa e dá ideia que vale a pena ir às urnas em 2009, para reeleger um partido centralista ou uma cobaia deste.

Oh Porto!

Cristina Santos

Nota: Post extraído do blogue A Baixa do Porto


Sem comentários: