05 janeiro, 2009

O lado positivo do Porto


Apesar das crises, há algumas iniciativas da sociedade civil portuense que devemos apoiar e aplaudir.
Algumas artérias da cidade parecem começar a ter nova vida. As ruas de Miguel Bombarda, Galeria de Paris e Cândido dos Reis constituem-se em novos pólos de cultura e lazer do centro do Porto.

O velhinho e descartável centro comercial Stop, na rua do Heroísmo, é também um dos locais que está a ser inteligentemente aproveitado pela juventude para iniciativas de carácter cultural, como centro de ensaios de novos grupos musicais, etc.
O Porto Canal, ao contrário da RNTV (agora RTV, cansou-se também do «N» de Norte...) , parece, finalmente, estar a saber impor-se. Pouco a pouco, sem grandes recursos, o canal da Senhora da Hora, vai crescendo, atraindo as audiências de uma forma original e sustentada. Conjuntamente com as iniciativas particulares já referidas, forma uma perfeita simbiose de divulgação e propaganda dos eventos recreativos e culturais da cidade.
Contudo, tudo isto não chega para mascarar a apatia das entidades públicas relativamente às necessidades do burgo. É preciso apoiar toda esta gente, é preciso muito mais.

Sem comentários: