08 janeiro, 2009

Poesia paulista

Este amor desencontrado
me pegou na contramão,
me fez gato, fez sapato
mesmo sem ter intenção...
mas um descaso,
por mero acaso...
foi quase fim de caso!
.
neli araujo


(Extraído do blogue "e o pensamento voa")

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

A Neli é uma poetisa de se lhe tirar o Chapéu.
Abraço

neli araujo disse...

Obrigada, Rui, por prestigiar minha poesia!

Obrigada, Dragão! Você me emociona!

Um grande abraço aos dois! Pela amizade, e pela vitória do F.C.Porto!

neli

Rui Valente disse...

Neli,

Eu é que agradeço, porque os seus poemas não só prestigiam como suavizam os "ventos" agrestes que assolam o espírito dos portuenses...

Ah, posso encomendar o seu cartão de sócia do FCPorto?

Um abraço

neli araujo disse...

Oh, Rui!

Pode sim encomendar meu catão de sócia do F.C.Porto!hehehe

Sempre que posso, entro no site do F.C.Porto e acompanho os jogos deste time em tempo real, já que não são transmitidos aqui no Brasil...

só pra ver se meus amigos de além mar vão ficar contentes com o resultado, rsrsrs

Abração,

Neli