24 julho, 2008

Será isto, a flexi-segurança?

Desculpar-me-ão se volto a aborrecê-los falando-lhes de casos domésticos, mas nunca é demais, quando se trata de denunciar a chico-espertice do Estado português.
Hoje, a pedido de uma amiga, fui às Finanças pagar o IUC (Imposto Único de Circulação) do seu carro, e apesar de já ter tido uma péssima experiência quando fui tratar do meu, nunca pensei perder uma manhã para o fazer. Mas perdi.
Descontente com o atendimento na Loja do Cidadão, fui à Rua Damião de Góis, ao 3º. Bairro. Procurei, procurei e nada! Até que lá me disseram que tinha sido desactivado. Decidi então apontar à Rua de Gonçalo Cristóvão, para o 4º. Bairro Fiscal. Estava também fechado!
Lembrei-me da repartição de finanças da Av. Fernado Magalhães e foi lá, finalmente, que depois de apanhar outra grande "seca" (tinha apenas 4 pessoas antes de mim), pude resolver um assunto tão comezinho como devia ser - mas não é - pagar um imposto.
Quando me preparava para pagar, a funcionária diz-me que tinha de pagar uma coima. Perplexo, perguntei-lhe porque raio é que tinha de o fazer, ao que a senhora me respondeu que era por estar atrasado em relação à data do registo de matrícula que era de Junho! Um mês, um singelo mês de atraso no pagamento de um imposto, e zás, toca a deitar logo a mão ao bolso do incauto! Quinze euros de multa!
Vejam bem. No primeiro ano em que estes iluminados do Govêrno decidem alterar o nome e o local de cobrança do novo imposto sem qualquer aviso público expresso de multa em caso de atraso, Suas Excelências brindam-nos com estas habilidades. Assim mesmo, à má fé. Se isto não é roubar o cidadão, o que é?
É por todas estas malabarices e abusos, de que os políticos são mestres, que quando ouço anunciarem alguma "nova medida", deito logo as mãos à cabeça e pergunto o que é que lá vem por aí. Este, suponho, já deve ser um dos efeitos secundários da tão propagada "flexi-segurança"... Não sei.
O que sei, é que nunca antes tive problemas para pagar o sêlo do carro, nem nunca antes fui multado por qualquer atraso que possa ter tido. Fantástico!

2 comentários:

meirelesportuense disse...

Eu também me atrasei no pagamento do Imposto porque sinceramente ignorava essa alteração. Estava a preparar-me para pagar no quiosque do costume, quando fui alertado para a mudança. -Fui à Repartição de Finanças do meu Bairro e tive sorte, aparentemente as coimas ainda não estavam decretadas ou em efectividade mas, passado pouco tempo, caíram sobre muita gente. É mais uma medida para ir ao bolso dos contribuintes rapar os cêntimos restantes.

Rui Valente disse...

Teve mais sorte que a minh amiga. Ainda bem para si.

Cumpts.